quarta-feira, 15 de fevereiro de 2017

José Antônio da Silva - ZUQUINHA


José Antônio era conhecido como Zuquinha, nasceu na cidade de Misericórdia, que depois tornou-se Itaporanga, em 15 de fevereiro de 1924, filho de Romualdo da Silva e Dona Maria Constância da Silva. Filho de agricultor e como todo menino pobre, brincava e estudava, sendo ele um menino bom, adorado pelos pais, fazia suas tarefas de casa, do roçado e da criação de gado. Ainda jovem tornou-se um pequeno comerciante no ramo de padaria, época em que conheceu a jovem Terezinha Enedias (Tereza de Zuqinha), com quem se casou.

Com suas economias comprou um caminhão Chevrolet, adaptando-o para o transporte de passageiros, o conhecido Pau-de-arara, viajava para Brasília, levando famílias inteiras, que iam com seu trabalho, construir a capital federal. Dirigindo por mais de dez anos, tornou-se o pioneiro do transporte coletivo de Itaporanga a Brasília, quando ficou conhecido por Zuquinha, apelido que o acompanhou até hoje.

Com o passar dos tempos ele mudou de ramo, passou do transporte de passageiros, par o comércio de estivas em atacado, ao mesmo tempo em que adquiriu um caminhão Scânis e fazia suas viagens do Rio Grande do Norte para Minas Gerais. Por conta desse trabalho
sacrificado, ele como todos os caminhoneiros, vivia mais na estrada do que, junto da família, mais nunca deixou de um bom esposo, bom pai e bom amigo da sociedade, sendo um homem honrado, cumpridor de seus deveres e queridos pelos amigos.

Ao partir desse mundo, deixou a esposa Tereza e nove filhos. Por todos esses motivos, Zuquinha fez sua última viagem, mas tornou-se lembrado e histórico, em sua cidade natal.

Do Livro: Polidores da Pedra - Volume IV
Paulo Rainério Brasilino

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gostou da matéria... Comenta, vai!