segunda-feira, 20 de fevereiro de 2017

CCJ recebe petição de 271 mil nomes contra Moraes no STF

Grupo ligado à Faculdade de Direito da USP entregou abaixo-assinado à comissão do Senado nesta segunda-feira (20)


Um grupo de estudantes da Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo (USP) entregou ao Senado, nesta segunda-feira (20) um abaixo-assinado contra a nomeação do ministro licenciado da Justiça, Alexandre de Moraes, ao Supremo Tribunal Federal (STF). A petição on-line reuniu pouco mais de 271 mil nomes.

A Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), responsável pela aprovação do nome, fará a sabatina a Moraes nesta terça-feira (21). Em seguida, o plenário da Casa votará a indicação.

Na opinião da presidente do Centro Acadêmico XI de Agosto, Paula Masulk, a reputação de Moraes “não é ilibada”, como determina a Constituição, para ser um dos ministro do STF.

“A gente já viu a postura dele em outros cargos que ocupou, como a Secretaria de Segurança Pública de São Paulo, o Ministério da Justiça. À frente desses cargos ele
demonstrou desrespeito a direitos fundamentais, a direitos humanos”, afirmou Paula ao G1.

Parlamentares da oposição, como Gleisi Hoffmann (PT-PR), Lindbergh Farias (PT-RJ), Maria do Rosário (PT-RS), Jandira Feghali (PC do B-RJ) e Glauber Braga (PSOL-RJ), acompanharam a entrega do documento na CCJ.

O senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP) afirmou que vai apresentar um requerimento à CCJ para que as assinaturas coletadas pelo grupo sejam incluídas ao processo de indicação no colegiado.

LEIA TAMBÉM: Aliados de Temer defendem ex-advogado de Cunha para Justiça

Notícias ao Minuto

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gostou da matéria... Comenta, vai!