terça-feira, 21 de fevereiro de 2017

Assustador: três assaltos e um furto no intervalo de apenas oito horas em Itaporanga

Por Redação da Folha – Entre o começo da tarde e a noite dessa segunda-feira, 20, foram registrados em Itaporanga três assaltos e um furto em diferentes pontos da cidade no intervalo de apenas oito horas: quatro celulares e uma moto foram levados pelos criminosos.
            
Um dos assaltos foi em uma área entre o loteamento Balduino de Carvalho e a Vila Mocó.  Um homem armado com uma faca e a pé atacou uma adolescente: ele encostou a arma na barriga da garota, que foi obrigada a entregar o seu celular ao desconhecido.
            
A vítima reside em uma rua projetada da do Balduino e foi sua mãe, Maria Aparecida, quem registrou uma queixa na delegacia de Itaporanga, pedindo providência à autoridade policial.
            
O outro assalto ocorreu na Rua Alcebíades Alves de Carvalho. O casal Edilândia Lopes, de 27 anos, e seu esposo, João Marcelo, estava sentado na calçada de casa, quando um homem e uma mulher em um moto aproximaram-se das vítimas e anunciaram o assalto.
            
O condutor da moto estava armado com um revólver e tomou os dois celulares do casal, fugindo em seguida junto com sua cúmplice. Foi Edilândia quem prestou queixa à polícia e
registrou as características físicas dos acusados.
            
Mais um roubo ocorreu em uma rua nas proximidades do TRT de Itaporanga. A jovem Nângila Fernanda Leite, de 24 anos, conversava com uma amiga, quando um homem em uma moto abordou subitamente a vítima e tomou o seu aparelho de celular, fugindo em seguida. Foi ela quem procurou a delegacia para registrar o crime que a vitimou.
             
Ainda nessa segunda-feira, um furto também foi registrado: Severino Gonçalves da Silva, conhecido como Do Ramo, de 50 anos, deixou sua moto na calçada de casa e, quando retornou, o veículo havia sido furtado. Sua moto é uma Yamaha YBR-125, cor azul,  ano 2000, placa KLT 9881.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gostou da matéria... Comenta, vai!