quinta-feira, 9 de fevereiro de 2017

Adolescente de 14 anos mata o pai que a estuprou por dois anos

Um exame de corpo de delito comprou o estupro; o crime ocorreu na zona rural de Tarauacá


Uma adolescente de 14 anos confessou à Polícia Civil, nesta quarta-feira (8), ter matado o próprio pai com um tiro de espingarda, na noite desta terça-feira (7), após ser estuprada por dois anos. O crime ocorreu na zona rural de Tarauacá, no interior do Acre.

Conforme a Polícia Civil informou ao G1, a jovem, que teve a identidade preservada, agiu em legítima defesa e não foi apreendida. Ainda de acordo com as investigações, um exame de corpo de delito comprou o estupro.

A Polícia Militar foi a primeira a chegar à casa da adolescente e a encontrou ao lado da mãe, que também sofria ameaças do marido. De acordo com depoimentos colhidos pela
mulher e pelos irmãos da adolescente, na noite do crime, o pai estava bêbado. Segundo a jovem, quando a mãe dormiu, ele a obrigou a ter relações sexuais, enquanto a ameaçava com uma faca.

O pai disse ainda que, se a filha contasse a alguém, mataria toda a família. A mãe acordou para ir ao banheiro e flagrou o abuso. O homem partiu para agredir a esposa. Foi neste momento que a jovem pegou a espingarda e atingiu o pai. Os vizinhos tentaram socorrê-lo, mas o homem não resistiu.

Leia também: PM prende homem que se masturbou em frente às netas

Notícias ao Minuto

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gostou da matéria... Comenta, vai!