sexta-feira, 24 de fevereiro de 2017

Açude de Catingueira aumentou mais de 100%; já no de Itaporanga recarga foi bem menor. Vejam nºs

Por Redação da Folha - A chuva de 140 milímetros que caiu sobre o município de Catingueira esta semana teve um efeito imediato e benéfico sobre o açude Cachoeira dos Cegos, que fica no território catingueirense e é o 3º maior do Vale, com capacidade para 71,8 milhões de metros cúbicos d’água.
            
O açude, que estava com apenas 9% do seu volume, aumentou seu nível para 22,6% após a chuva, segundo dados da Aesa, que é a agência de gestão das águas do estado. O aumento em seu volume foi superior a 100%, deixando o reservatório atualmente com mais de 16 milhões de metros cúbicos.
            
O açude Cachoeira dos Alves (foto), em Itaporanga, também tomou água em função das últimas chuvas, mas pouca. O reservatório estava seco, e, com as precipitações sobre sua bacia, teve uma recarga hídrica de 1,2%.
            
O açude, que abasteceu Itaporanga até janeiro de 2016, tem uma capacidade de 10,6 milhões de metros cúbicos d’água, mas seu nível atual, depois das chuvas, é de apenas 126 mil metros cúbicos, um volume ainda bem baixo para o tamanho de sua capacidade e da grande demanda d’água da população urbana local.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gostou da matéria... Comenta, vai!