sexta-feira, 20 de janeiro de 2017

Vítima de acidente com Teori era massagista e bailarina

Mulher era funcionária do Hotel Emiliano; mãe da jovem também estaria na aeronave


Duas das passageiras do voo que matou o ministro Teori Zavascki na quinta-feira (19) tiveram nomes identificados oficialmente nesta sexta (20). As vítimas são a massagista e bailarina Maíra Panas e sua mãe, a professora Maria Hilda Panas. As duas morreram no acidente.

De acordo com informações da GloboNews, as duas são da cidade Juína, no interior do Mato Grosso. 

Maira era massoterapeuta e prestava serviço a Carlos Alberto Fernandes Filgueiras, que passava por tratamento do nervo ciático.

De acordo com a revista Fórum, a viagem a Paraty (RJ) foi um presente de aniversário para Maria Hilda, comemorado no último dia 15.

Segundo testemunhas, Maíra sobreviveu ao acidente e acabou morrendo afogada. Também morreu após a queda o piloto, Osmar Rodrigues.

Em nota o grupo Emiliano lamentou as mortes. "Informamos que as duas passageiras do avião que seguia para Paraty (19/01) eram Maira Ilda, 23, e a mãe Maria Ilda, 55. Maira era
massoterapeuta e prestava serviço a Carlos Alberto Fernandes Filgueiras, que passava por tratamento no ciático. Maria Ilda, professora da rede infantil de ensino, veio de Juína, no Mato Grosso, visitar a filha, que morava em São Paulo. Carlos Alberto as convidou para um fim de semana em Paraty. O Grupo Emiliano registra seus sentimentos e condolências para a família e amigos. E informa que está prestando apoio e informações aos familiares".


Notícias ao Minuto

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gostou da matéria... Comenta, vai!