sexta-feira, 6 de janeiro de 2017

Toda quinta é dia de Educação dos Sentimentos

jesus
PENSE NISSO! MAS PENSE AGORA MESMO

..................................................................................
Caiu Em Boa Terra
(ReyAuCa)
O “cabra” precisa revigorar o que sabe para sustentar e firmar a consciência.
Consciência tem a ver com compromisso, com pensamento qualificado. Tem gente que apenas existe, mas não sabe o que, realmente, é a vida. Tem gente que existe entendendo o que é a vida, buscando a verdade, esse vive.
Foi basicamente isso o discutido ontem á noite, com inúmeros exemplos de vida na Educação dos Sentimentos, do CEJN de Cejn Itaporanga.
A facilitadora foi Cláudia Bandeira e essa sabe muito. Quem lê muito, sabe mais ainda e com o compartilhamento, terminamos sabendo também. É esse o objetivo da reunião intitulada “Educação dos sentimentos”, que sempre tem esteio nos princípios imorredouros de J.C (Jesus, o Cristo) e auxiliado pela filosofia espírita e humana.
“Naquele mesmo dia Jesus saiu de casa e se sentou à beira do lago. 2 Uma grande multidão se juntou ao seu redor. Havia tanta gente que Jesus entrou num barco e se sentou; e toda a multidão permanecia de pé na praia. 3 Jesus lhes ensinou muitas coisas por meio de parábolas [a]. Ele dizia:
—Certo homem saiu para semear. 4 Enquanto semeava, uma parte das sementes caiu à beira do caminho e os pássaros vieram e as comeram. 5 Outra parte caiu no meio de pedras, onde havia pouca terra. Essas sementes brotaram depressa pois a terra não era funda, 6 mas, quando o sol apareceu, elas secaram, pois não tinham raízes. 7 Outra parte das sementes caiu no meio de espinhos, os quais cresceram e as sufocaram. 8 Uma outra parte ainda caiu em terra boa e deu frutos, produzindo 30, 60 e até mesmo 100 vezes mais do que tinha sido plantado. 9 Quem pode ouvir, ouça."
Aqui está a vida de cada um. O semeador é o próprio Jesus e ele sabia contar estórias como ninguém. Era estratégico, para que os ensinos pudessem sobreviver ao longo do tempo que consome tudo. Os seus ensinamentos são a verdade e a verdade é verdade em qualquer lugar e tempo.
Tem semente que caem á beira do caminho, mas os pássaros vêm e comem. Tem a ver com aquelas pessoas inseguras, que não sabem o que querem, eles tomam até noticias da verdade, mas os “pássaros”, as pessoas, a demovem de suas ideias, são voláteis.
Quando caem entre as pedras não tendo muita terra, as sementes não vingam. Ou seja, não há peparação interior para sustentar valores, nortes espirituais. “olham, não veem; escutam mas não ouvem”. Morrem logo, pois não tem raízes.
Tem umas pedras que caem no meio dos espinhos e até crescem, mas se sufocam e morrem também. Tem a ver com os espinhos da ilusão, do egoísmo, do orgulho que nos desafiam no dia a dia. Os espinhos do consumismo exacerbado, que mata o nosso planeta; da busca por desutilidades, que transforma o nosso lindo planeta numa lata de lixo.
Mas, há semente que vingam e se transformam em belas árvores, com frutos. Caem na “boa terra”. Por isso devemos tratar na “nossa terra”, adubá-la com a esperança e a maturidade, pois temos cada vez mais menos tempo, apesar de ele não existir.
A busca é a felicidade! Né não?
Fazemos tudo para ser feliz. Mas para isso acontecer é preciso entender qual o nosso papel na vida. Jamais teremos a Justiça de Deus em nossas vidas se não fizermos por merecer. Isso é a lei de causa e efeito que funciona eficazmente na vida da cada um.
O espírito Emmanuel, é um “cabra” que sabe e ele disse que “ se pretendermos ter a justiça divina do nosso lado, que lutemos por merecê-la e isso, obviamente, não chegará sem que saiamos a procura-la ,uma vez que foi Jesus que notificou : “ajuda-te que o céu te ajudará”
Bela reflexão. Quinta tem mais. Movimente-se
PENSE NISSO! MAS PENSE AGORA MESMO

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gostou da matéria... Comenta, vai!