sábado, 21 de janeiro de 2017

Teori Zavascki morreu por politraumatismo, diz laudo do IML

Ministro do Supremo Tribunal Federal teve múltiplas lesões pelo corpo


O Instituto Médico-legal (IML) de Angra dos Reis, no litoral Sul do Rio de Janeiro, divulgou nesta sexta-feira (20) o laudo da morte de Teori Zavascki e o documento diz que o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) morreu de politraumatismo, e não por afogamento.

De acordo com o G1, politraumatismo é quando a pessoa tem múltiplas lesões no corpo. Teori estava em um avião que caiu na quinta-feira (19) em Paraty, cidade vizinha a Angra. Além dele, outras quatro pessoas morreram.

O IML vai liberar o corpo do ministro ainda na noite desta sexta. Do Sul Fluminense, o corpo vai para a Base Aérea do Galeão, na Zona Norte da capital do Rio de Janeiro, de onde seguirá para a Base Aérea de Canoas, no Rio Grande do Sul.

Teori será velado e enterrado em Porto Alegre.

Leia também: Maioria dos brasileiros é contra Sérgio Moro no STF, diz pesquisa

Notícias ao Minuto

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gostou da matéria... Comenta, vai!