quinta-feira, 19 de janeiro de 2017

O PODER DO SORRISO. OS BENEFÍCIOS DO BOM HUMOR PARA A SAÚDE


O bom humor é contagiante. O som de gargalhadas é muito mais contagioso do que qualquer tosse, fungada ou espirro. Quando o riso é compartilhado, une as pessoas e aumenta a felicidade e a intimidade. O riso também desencadeia mudanças físicas saudáveis ​​no organismo. O humor e o riso fortalecem seu sistema imunológico, aumentam sua energia, diminuem a dor e protegem você contra os efeitos nocivos do estresse. Melhor que tudo, esse medicamento que não tem preço é divertido, livre e fácil de usar.


Por: Le Figaro

“Seu senso de humor é uma das ferramentas mais poderosas que você tem para se certificar de que seu humor e seu estado emocional diários dão suporte à boa saúde”, afirma o médico Paul E. McGhee, president do The Laughter Remedy, em Wilmington, EUA.

McGhee está certo: O riso é um poderoso antídoto para o estresse, a dor e o conflito. Nada funciona de modo mais rápido ou confiável para trazer o corpo e a mente de volta ao
equilíbrio do que uma boa risada. O humor ilumina seus fardos, inspira esperança, conecta você com os outros e o mantém ligado à terra, concentrado e alerta.

Com tanto poder de curar e renovar, a capacidade de rir com facilidade e grande frequência é um tremendo recurso para superar os problemas, melhorando seus relacionamentos, e dar suporte à saúde física e emocional.


O riso é bom para a saúde
O riso relaxa o corpo inteiro. Uma boa risada alivia a tensão física e o estresse, deixando seus músculos relaxados por até 45 minutos depois.

O riso estimula o sistema imunológico. Ele reduz a liberação dos hormônios do estresse e aumenta o número de células imunes e anticorpos que combatem as infecções, melhorando assim sua resistência às doenças.

O riso provoca a liberação de endorfinas, substâncias químicas associadas ao bem-estar do corpo. As endorfinas promovem uma sensação geral de bem-estar e podem até aliviar temporariamente a dor.

O riso protege o coração. Ele melhora a função dos vasos sanguíneos e aumenta o fluxo sanguíneo, ajudando a proteger você contra um ataque cardíaco e outros problemas cardiovasculares.

Os benefícios do riso
Benefícios físicos para a saúde
Aumenta a imunidade
Reduz os hormônios do estresse
Diminui a dor
Relaxa os músculos
Previne doenças cardíacas
Benefícios mentais para a saúde
Acrescenta alegria e entusiasmo à vida
Reduz a ansiedade e o medo
Alivia o estresse
Melhora o humor
Amplia a resiliência
Benefícios sociais
Fortalece relacionamentos
Atrai outras pessoas para nós
Aprimora o trabalho em equipe
Ajuda a resolver conflitos
Promove a união do grupo


O riso e o bom humor ajudam você a ficar emocionalmente saudável
O riso faz você se sentir bem. E a boa sensação que experimenta quando ri permanece com você, mesmo depois que o riso diminui. O bom humor o ajuda a manter uma visão otimista e positiva diante de situações difíceis, decepções e perdas.

Mais do que apenas um alívio perante a tristeza e a dor, o riso lhe dá coragem e força para encontrar novas fontes de significado e esperança. Mesmo nos tempos mais difíceis, um riso – ou até mesmo um simples sorriso – pode fazer você se sentir melhor. E o riso é realmente contagiante – basta ouvir um para ativar seu cérebro e preparar você para sorrir e se divertir.

A ligação entre o riso e a saúde mental
O riso dissolve emoções angustiantes. Você não pode sentir-se ansioso, irritado ou triste quando está rindo.

O riso o ajuda a relaxar e recarregar-se. Ele reduz o estresse e aumenta a energia, permitindo-lhe manter o foco e realizar mais.

O bom humor muda a perspectiva, permitindo que você veja as situações de modo mais realista e menos ameaçador. Uma perspectiva bem-humorada cria distanciamento psicológico, que pode ajudá-lo a evitar se sentir sobrecarregado.


Os benefícios sociais do humor e do riso
O bom humor e a comunicação divertida fortalecem nossas relações ao desencadear sentimentos positivos e promover a conexão emocional. Quando rimos com outra pessoa, uma ligação positiva é criada. Ela funciona como um forte amortecedor contra o estresse, as divergências e a decepção.

Rir com os outros é mais poderoso do que rir sozinho
Criar oportunidades para rir
Assista a um filme ou programa de TV engraçado.
Vá a um clube de comédia.
Leia as páginas de cartuns e piadas.
Procure pessoas engraçadas.
Compartilhe uma boa piada ou uma história engraçada.
Confira a seção de humor da sua livraria.
Convide os amigos para um jogo ou uma reunião em sua casa.
Divirta-se com seu animal de estimação.
Divirta-se com as crianças.
Faça alguma coisa boba.
Arranje tempo para atividades divertidas (por exemplo, boliche ou karaokê).


O riso compartilhado é uma das ferramentas mais eficazes para manter as relações vivas e emocionantes. Todo compartilhamento emocional constrói laços de relacionamento fortes e duradouros, mas compartilhar o riso e a diversão também acrescenta alegria, vitalidade e resistência. E o humor é uma maneira poderosa e eficaz para curar ressentimentos, desavenças e mágoas. O riso une as pessoas em momentos difíceis.

Incorporar mais humor e diversão em suas interações diárias pode melhorar a qualidade de suas relações com os entes queridos, bem como suas conexões com os colegas de trabalho, familiares e amigos. Usar o humor e o riso nos relacionamentos permite:

Ser mais espontâneo. O bom humor o afasta de seus problemas.
Deixar de lado a postura defensiva. O riso o ajuda a esquecer julgamentos, críticas e dúvidas.

Soltar inibições. Seus temores e resistências são postos de lado.
Expressar seus verdadeiros sentimentos. Emoções profundas são autorizadas a aflorar.
Trazer mais humor e risos à sua vida.

Quer mais risadas em sua vida? Arranje um animal de estimação...
A maioria de nós já experimentou a alegria de brincar com um amigo peludo, e animais de estimação são uma forma gratificante para trazer mais risos e alegria à sua vida. Mas você sabia que ter um animal de estimação é bom para a sua saúde física e mental? Estudos mostram que os animais podem protegê-lo da depressão, estresse e até mesmo doenças cardíacas.

O riso é seu direito de nascença, uma parte natural da vida. Crianças começam a sorrir nas primeiras semanas de vida e riem em voz alta alguns meses após nascerem. Mesmo se não cresceu em um lar onde o riso era um som comum, você pode aprender a rir em qualquer fase da vida.

Principie separando momentos especiais para buscar o humor e o riso, como você poderia fazer com o trabalho externo, e construa-os a partir daí. Futuramente, você vai querer incorporar o humor e o riso à estrutura da sua vida, encontrando-os naturalmente em tudo o que faz.

Aqui estão algumas formas de começar:
Sorria. O sorriso é o início do riso e, como este último, é contagioso. Pioneiros da “terapia do riso” consideram que é possível rir até sem vivenciar um evento engraçado. O mesmo vale para sorrir. Quando você olha para alguém ou vê algo mesmo que ligeiramente agradável, pratique o sorriso.

Conte suas bênçãos. Literalmente, faça uma lista. O simples ato de considerar as coisas boas em sua vida vai distanciá-lo de pensamentos negativos que são uma barreira para o bom humor e o riso. Quando você está em estado de tristeza, tem um caminho mais longo para chegar ao humor e ao riso.

Quando ouvir o riso, mova-se na direção dele. Às vezes, o humor e o riso são privados, uma piada compartilhada entre um grupo pequeno, mas em geral não é assim. Mais frequentemente, as pessoas ficam muito felizes de compartilhar algo engraçado, porque isso lhes dá uma oportunidade de rir de novo e se alimentar do humor encontrado. Quando você ouvir o riso, procure-o e pergunte: “O que é tão engraçado?”

Gaste tempo com pessoas brincalhonas e divertidas. Essas são pessoas que riem com facilidade, tanto de si mesmas quanto dos absurdos da vida, e que rotineiramente encontram o humor em eventos do dia a dia. Seu ponto de vista divertido e suas risadas são contagiosos.

Traga o humor para as conversas. Pergunte às pessoas: “Qual é a coisa mais engraçada que aconteceu com você hoje? Esta semana? Na sua vida?”

Desenvolva seu senso de humor: Leve-se menos a sério.
Uma característica essencial que nos ajuda a rir é não nos levarmos muito a sério. Todos nós conhecemos o rabugento clássico que encara tudo com seriedade mortal e nunca ri de nada. Não tem graça ali!

Alguns eventos são ocasiões claramente tristes e impróprias para rir. Mas a maioria dos eventos na vida não carrega uma devastadora sensação de tristeza ou alegria. Eles caem na zona cinzenta do cotidiano, dando a você a escolha de rir ou não.


Formas de se ajudar a ver o lado mais leve da vida
Ria de si mesmo. Compartilhe seus momentos embaraçosos. A melhor maneira de se levar menos a sério é falar de momentos em que você se levou muito a sério.

Tente rir das situações, em vez de lamentá-las. Procure o humor em uma situação ruim e descubra a ironia e o absurdo da vida. Isso o ajudará a melhorar seu humor e o humor das pessoas ao seu redor.

Cerque-se com lembretes para alegrar-se. Mantenha um brinquedo em sua mesa ou no carro. Ponha um cartaz engraçado em seu escritório. Escolha um protetor de tela de computador que faça você rir. Enquadre fotos de você e sua família ou amigos se divertindo.

Mantenha as coisas em perspectiva. Muitas coisas na vida estão além de seu controle, particularmente o comportamento de outras pessoas. Embora você possa pensar que levar o mundo nas costas é admirável, no longo prazo isso é irreal, improdutivo, insalubre e até mesmo egoísta.

Lide com o estresse. O estresse é um grande impedimento para o humor e o riso.
Preste atenção nas crianças e imite-as. Eles são especialistas em brincar, levar a vida com leveza e rir.

Lista de verificação para descontrair
Quando você se encontra tomado por aquilo que parece ser um problema horrível, faça estas perguntas a si mesmo:
Realmente vale a pena ficar chateado com isso?
Vale a pena perturbar os outros?
Isso é tão importante assim?
Isso é tão ruim assim?
A situação é irreparável?
Será que isso é realmente problema meu?

Usar o humor e a brincadeira para superar desafios e melhorar a sua vida
A capacidade de rir, brincar e se divertir com os outros não só torna a vida mais agradável, mas também ajuda a resolver problemas, conectar-se com os outros e ser mais criativo. As pessoas que incorporam o humor e a brincadeira ao seu cotidiano descobrem que isso renova a elas e a todos os seus relacionamentos.

A vida traz desafios que podem tirar o melhor de você ou se tornam brinquedos para sua imaginação. Quando você “se torna o problema” e se leva muito a sério, pode ser difícil pensar de forma anticonvencional e encontrar novas soluções. Mas quando você brinca com o problema, muitas vezes pode transformá-lo em uma oportunidade de aprendizagem criativa.

Brincar com problemas parece ocorrer naturalmente para as crianças. Quando estão confusas ou com medo, elas transformam seus problemas em uma brincadeira, o que lhes dá uma sensação de controle e uma oportunidade de experimentar novas soluções. Interagir com os outros de forma brincalhona ajuda a manter essa capacidade criativa.
Aqui estão dois exemplos de pessoas que tiveram problemas cotidianos e os transformaram por meio do riso e da brincadeira:

Roy, um homem de negócios semiaposentado, estava animado por finalmente ter tempo para se dedicar ao golfe, seu esporte favorito. Mas quanto mais ele jogava, menos se divertia. Embora seu jogo tivesse melhorado substancialmente, ele se enfurecia com cada erro cometido. Roy sabiamente percebeu que seus companheiros de golfe afetavam sua atitude, então parou de jogar com pessoas que levavam o jogo muito a sério. Quando jogava com amigos que se concentravam mais em se divertir do que em sua pontuação, ele ficava menos crítico em relação a si mesmo. A partir de então, o golfe ficou tão agradável quanto Roy esperava que fosse. Ele melhorou sua pontuação sem se esforçar mais. E a perspectiva mais otimista que estava recebendo de seus companheiros e do jogo se espalhou para outras partes de sua vida, incluindo seu trabalho.

Jane trabalhava em casa desenhando cartões, um trabalho que adorava, mas a partir de certo momento sentiu que ele havia se tornado uma rotina. Duas meninas que gostavam de desenhar e pintar moravam ao lado. Jane convidou as pequenas vizinhas para brincar com todos os materiais de arte que tinha. No início, ela só as observava, mas com o tempo juntou-se a elas. O riso, as pinturas e as brincadeiras com as meninas transformaram a vida de Jane. Brincar com elas não apenas acabou com a solidão e o tédio que sentia; despertou sua imaginação e ajudou sua arte a florescer. O melhor de tudo, isso reavivou a jovialidade e a centelha na relação de Jane com o marido.

Quando o riso, o humor e as brincadeiras passam a integrar sua vida, sua criatividade floresce e novas descobertas para brincar com os amigos, colegas de trabalho, conhecidos e entes queridos lhe ocorrem diariamente. O bom humor leva você para um lugar mais alto, de onde pode ver o mundo de uma perspectiva mais relaxada, positiva, criativa, alegre e equilibrada.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gostou da matéria... Comenta, vai!