quarta-feira, 25 de janeiro de 2017

Mulher é morta à facada em Itaporanga. Sua mãe de criação desabafa. Autor do crime foi preso


Por Redação da Folha – O crime foi na noite dessa terça-feira, 24, em um trecho da Rua Deocleciano Pereira Neves, próximo ao estádio O Zezão, em Itaporanga. Segundo informações policiais, Awsângela Alves dos Santos, de 35 anos, foi atingida por um golpe de faca no tórax e não resistiu.
                
Conforme familiares, Awsângela era dependente química de drogas e atualmente estava vivendo maritalmente com um homem na rua do quartel, e, durante essa noite, saiu de casa e somente na madrugada o seu companheiro foi surpreendido pela notícia de sua morte, mas ainda não há informações concretas sobre as circunstâncias do crime.
             
Depois do fato, policiais militares foram mobilizados e capturaram o homicida quando ele tentava fugir pela BR-361: Gilmar Felipe de Sousa (foto), de 44 anos, é natural de Igaracy,
mas estava residindo em Itaporanga. Ele foi encaminhado à delegacia de Itaporanga, onde deverá ser autuado nesta manhã pelo delegado Glêberson Fernandes.
  
              
Com lágrimas nos olhos, dona Terezinha, moradora da Rua 13 de Maio e mãe de criação da vítima, disse que ela teve todas as oportunidades na vida, mas saiu muito nova de casa, ganhou as ruas e a dependência química foi avassaladora. “Tudo o que a gente podia fazer por ela, a gente fez, e, infelizmente, esse foi o seu destino, mas não merecia”, comentou emocionada a idosa.
             

A mulher deixa dois filhos, um de 13 e outro de 16 anos, que são criados pelos avós. Seu corpo foi encaminhado a Patos para exame cadavérico e, depois, será entregue à família para o velório, que ocorrerá na Rua 13 de Maio, exatamente na casa de sua mãe adotiva.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gostou da matéria... Comenta, vai!