segunda-feira, 16 de janeiro de 2017

Mais uma bomba atirada dentro da cadeia de Itaporanga, mas desta vez autor foi preso

Por Redação da Folha – No final da noite desse domingo, 15, uma bomba foi atirada dentro da cadeia de Itaporanga. O artefato caseiro foi lançado da rua para dentro da unidade prisional e continha chumbo e ferro, mas ninguém ficou ferido.
                
Assim que ocorreu a explosão, policiais militares e agentes penitenciários mobilizaram-se e o rapaz que atirou a bomba foi detido: Raílson Paulo Nunes, de 19 anos, foi preso na Travessa Manoel Caiana, a cerca de 250 metros da cadeia, quando tentava fugir a pé.
                
A princípio, ele disse que atirou a bomba dentro da cadeia a mando de outra pessoa, que está sendo investigada, e recebeu 50 reais para cometer o delito. Aparentemente sob efeito de entorpecente, o rapaz, que reside na Rua Deocleciano Pereira Neves, disse que agiu sozinho. Ele já tem passagem anterior pela polícia por crime contra o patrimônio.
                
Em pouco mais de dois meses, foi a segunda bomba atirada dentro da cadeia de Itaporanga. A polícia vai investigar uma possível relação entre os dois casos. Em 2015, um artefato explosivo também foi jogado no interior da unidade prisional. Foto: restos do artefato foram recolhidos por agentes penitenciários da cadeia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gostou da matéria... Comenta, vai!