sábado, 14 de janeiro de 2017

AS AVÓS COLOCAVAM AZEITE DE OLIVA NAS TANGERINAS (A VELA PERFEITA)


A atmosfera invernal é otima quando se pode desfrutar do calor e passar o tempo em casa com nossos amigos ou parentes. O que há de melhor, de fato, que uma bebida quente sentado confortavelmente no sofá batendo um bom papo, enquanto se congela lá fora? No inverno a casa tém algo de íntimo que transmite segurança, ainda melhor se a gente a torna quente e acolhedora, com alguma decoração caseira. Pense nas velas: basta acender uma aqui e uma alí e rapidamente se cria uma atmosfera confortável e relaxante.

Embora no mercado tenha vela de cada tipo, você pode criá-las com suas próprias mãos, para realizar uma criação original e para testar a sua habilidade. Nas próximas linhas vamos explicar como criar velas com tangerina e cascas de ovo, consequentemente, de graça. Para realizar estes dois experimentos basta pouco, mas o resultado é garantido: vamos obter, de fato, velas muito originais que irão dar à casa um toque de calor que irá torná-la ainda mais acolhedora.

1. Velas com tangerinas
Agora vamos ver como fazer velas com tangerinas. Primeiro pegue uma tangerina com uma faca e faça um corte ao meio, depois separe as duas metades de casca da polpa e coloque-as de lado.

Agora temos duas metades: pegue aquela com o pecíolo, que funcionará como pavio da vela e despeje um pouco de azeite. Na parte superior da outra metade da casca, em vez,
faça uma incisão da forma de uma estrela ou outro padrão desejado: a partir daí vai se difundir a luz.

Agora, podemos acender com um fósforo o pecíolo e fechar a vela caseira com a outra metade da casca: acabou, só resta apreciar o show de luz que vai se difundir através da estrela, mas também dos poros da casca.

2. Velas com cascas de ovo
Agora vamos ver como criar velas com cascas de ovo. Abra os ovos (quantos usar você que decide) tentando quebrar as cascas apenas parcialmente, deixando-as inteiras, o mais possível; em seguida, esvazie-os e enxague-os sob a água.

Show de dicas

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gostou da matéria... Comenta, vai!