sábado, 23 de abril de 2016

“Oposição de Caiana não está unida por causa da quebra de acordo”, diz dr. Lívio à Folha

Por Redação da Folha – O advogado e pretenso candidato à Prefeitura de São José de Caiana, Lívio Sérgio (PRB - foto), disse à Folha neste sábado, 23, que ficou surpreso e contrariado com as declarações do empresário Zé Leite (PR) de que não abrirá mão de concorrer à sucessão municipal deste ano e que considera o seu nome o que melhor reúne condições para ser o candidato consensual da oposição.

Conforme o advogado, com essas declarações, Zé Leite quebra um acordo que tinha com ele e com o também postulante a candidato Manoel Moleque (PPS). “A oposição de São José de Caiana tinha um acordo: seria realizada uma pesquisa para ouvir da população qual quem seria o melhor nome para concorrer com o candidato da situação. Numa reunião entre Zé Leite, Manoel Moleque e eu ficou acertado isso, e quem saísse em primeiro seria o candidato e teria o nome divulgado, mas esse acordo não foi respeitado por ele”, comentou dr. Lívio.

De acordo ainda com Lívio Sérgio, “a pesquisa realizada por ele e Manoel Moleque não apontou Zé Leite como o melhor nome, o que desfaz o argumento do empresário de que seria o melhor candidato da oposição, e a pesquisa que o próprio Zé Leite iria fazer, conforme o que foi acordado, não foi realizada, quebrando o acordo que o mesmo tinha feito”, disse o advogado.

Essa alegada ruptura de acordo mostra que a oposição está rachada e terá dois candidatos no pleito de outubro vindouro: além de Zé Leite, que já anunciou que sua candidatura é irreversível, dr. Lívio também entrará na disputa pela Prefeitura, com Manoel na vice, mas o contrário também pode ocorrer, ou seja, Moleque como cabeça de chapa e o advogado compondo como vice. “Mas isso só será definido em breve”, comentou Lívio Sérgio.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gostou da matéria... Comenta, vai!