sexta-feira, 29 de abril de 2016

Com polícia e muita gente, Câmara de Boa Ventura condena ex-prefeito, que vai recorrer

Por Redação da Folha – Em sessão polêmica na noite desta quinta-feira, 28, a Câmara Municipal de Boa Ventura reprovou, por dois terços dos votos, as contas do ex-prefeito Dudu Pinto (PSB) relativas ao exercício financeiro de 2011. O recinto legislativo foi tomado por dezenas de pessoas. Mais gente ainda ficou do lado de fora, porque a Câmara não coube todo mundo. A segurança da reunião foi garantida por policiais militares.

Embora com parecer favorável do Tribunal de Contas do Estado (TCE), o julgamento da prestação de contas pelos vereadores teve resultado contrário ao ex-prefeito, mas já era esperado, porque a sua principal adversária política, a prefeita Leonice Lopes (PSD), tem o controle sobre seis dos nove votos no legislativo e orientou sua bancada de vereadores a votar contra Dudu. Há denúncias até do confinamento de parlamentares mirins da situação em um hotel no Ceará dias antes da sessão para que não fossem aliciados pela oposição.

O ex-prefeito Dudu, que foi defendido pelo advogado Marcílio Batista, acompanhou a sessão e, sentado na primeira fila da galeria, viu de perto suas contas serem desaprovadas por seis votos contra três. De nada adiantou os argumentos da defesa. Com a decisão dos vereadores, Dudu Pinto, que é pré-candidato a prefeito, fica com seus direitos políticos cassados e não poderá disputar a eleição deste ano, mas ele vai recorrer à Justiça contra a decisão parlamentar.

A defesa do ex-prefeito alega que a prestação de contas de 2011 não deveria ter sido pautada e apreciada pelos vereadores, porque chegou há mais de 60 dias na Câmara, e, extrapolado esse tempo, conforme desportivo legal apontado, sem que haja julgamento pelo legislativo, prevalece o parecer da corte de contas, que, no caso, pronunciou-se favorável à aprovação do exercício financeiro. Apesar das discursões acaloradas entre os vereadores da oposição e situação, não há notícias de nenhum incidente durante ou após a sessão. Fotos Marcos Oliveira.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gostou da matéria... Comenta, vai!