quarta-feira, 6 de abril de 2016

Após repercussão de foto, gari gata já tem assessor e poderá posar nua

Um dia depois de ver sua história divulgada nas redes sociais e estampada em jornais, a gari carioca Rita Mattos, de 24 anos, já tem tratamento de estrela. Além de ter contratado um assessor de imprensa, Rita tornou seu perfil no Instagram público, deixando qualquer pessoa seguir seus passos na web. Ela comentou que de um dia para o outro ganhou mais de mil solicitações na rede, tornando inviável a moderação. No Facebook, também já não é mais possível ser amigo da musa.

– Muitos amigos vieram me parabenizar pelo sucesso e dizendo que eu mereço. Alguns estão falando: ‘agora tá famosa mesmo. Até saiu na capa do jornal’ – disse Rita.

A loura agora pensa em estampar outras publicações. Rita disse que aceitaria fazer trabalhos como modelo ou até mesmo posar nua, mas que dependeria da proposta:
– Estou aí para as oportunidades que vierem surgindo. Vai depender da proposta – afirma.

“Tenho orgulho do que faço”
As fotos da gari Rita foram compartilhadas por milhares de pessoas em grupos do Whatsapp e nas redes sociais nas duas últimas semanas. Neste período, a moça acabou ganhando mais de 12 mil seguidores no Facebook, além de quase cinco mil no Instagram. Apesar do sucesso, ela chegou a questionar o motivo da repercussão. Para ela, existe preconceito e as pessoas acham que para ser gari tem que ser feio.

Moradora de Realengo, Rita entrou na Comlurb em março de 2014, motivada pela estabilidade financeira do funcionalismo público. A rotina é agitada — às 7h, bate ponto na
gerência de São Cristóvão, embarca no ônibus da companhia e circula por diferentes pontos da cidade para atender a chamados de emergência, como estragos causados por alagamentos e entulhos no meio da via. Após o expediente, que termina às 15h20, Rita segue para a academia e continua o trabalho de força.


Ela afirmou ainda que já pensou em seguir na área médica, mas agora pretende cursar Administração de Empresas. O objetivo, segundo ela, é crescer dentro da própria Comlurb.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gostou da matéria... Comenta, vai!