terça-feira, 15 de dezembro de 2015

Câmara de Conceição encerra trabalhos sem votar o projeto mais esperado pela população

Por Redação da Folha – A Câmara de Conceição encerrou seus trabalhos legislativos ordinários deste ano nesta segunda-feira, 14, sem votar o projeto de lei da Prefeitura que institui concurso público para contratação de 130 servidores municipais. O projeto mais aguardado pela população pela oportunidade que vai proporcionar a quem pretende um emprego público.

O problema é que o projeto passou dois meses na Comissão de Justiça da Câmara, e continua lá até hoje. O presidente da comissão, vereador Luiz Paulino, devolveu o projeto à Prefeitura no mês passado alegando que havia erros redacionais. As supostas falhas foram corrigidas e o projeto reencaminhado à semana passada ao legislativo, mas a matéria permanece sem parecer da comissão e, por isso, não pode ser votada nesta segunda-feira. “Acho que essa matéria já foi debatida demais e não havia necessidade do presidente da comissão adiar mais uma vez esse parecer, porque poderia fazê-lo, inclusive, verbalmente para que o concurso pudesse ser votado hoje, mas não fez”, lamentou o vereador Umberto do Detran, ao complementar que “eu sinto que está havendo uma intenção de alguns vereadores de segurar e atrasar a votação dessa matéria, mas isso prejudica é o povo”.

Mas o presidente do legislativo, Flávio Mangueira, pretende convocar uma sessão extraordinária para votar o projeto, desde que a comissão emita seu parecer. “Mas o presidente da comissão prometeu resolver isso até a próxima sexta-feira, e vamos esperar”, comentou Umberto, ao informar que os vereadores aprovaram nesta segunda o orçamento do município para 2016, outra matéria que vinha também sendo sucessivamente adiada, conforme ele.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gostou da matéria... Comenta, vai!