segunda-feira, 28 de abril de 2014

Prefeita de Igaracy é acusada de pagar aluguel de barco em local onde não existia água

Gastos supostamente irregulares foram de 1,4 mil reais


Por Redação da Folha – A prefeita Deuzinha Leite (PSB), de Igaracy, está sendo acusada de pagar pela locação de um barco para o transporte escolar em um local onde não existia água no período em que o serviço foi prestado, segundo informou o blogueiro Hugo Carneiro.

O pagamento feito pela Prefeitura ao dono do transorte e supostamente irregular foi de R$ 1.400,00 relativo ao transporte escolar fluvial do sítio Gregório nos meses de setembro e outubro do ano passado, período que a comunidade rural estava seca em função do baixo nível do açude de Coremas, cujas águas cobrem parte do município de Igaracy.

A denúncia, fundamentada com base em informações do Tribunal de Contas do Estado e no testemunho de pessoas de que não existia água no sítio no período da prestação do serviço fluvial, teve forte repercussão e agora é esperada uma explicação da prefeita. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gostou da matéria... Comenta, vai!