quarta-feira, 5 de fevereiro de 2014

Prefeitura de Conceição movimentou mais de 21 milhões de reais em onze meses

Gastos maiores foram com funcionalismo e Saúde


Por Isaías Teixeira/Folha do Vale - A Prefeitura de Conceição movimentou, entre os meses de janeiro e novembro do ano passado, R$ 21.144.738,55. Desse total, 49,8% foram destinados somente para a quitação da folha de pessoal, que no penúltimo ano de 2013 tinha 677 servidores, distribuídos entre efetivos (454), contratados (185), comissionados (32) e eletivos (6).

Em relação às funções de governo, o maior gasto no período foi feito com a Saúde, que movimentou R$ 7,6 milhões, mas as queixas com relação à precariedade do serviço são gritantes. Já a Educação teve o segundo maior investimento público: R$ 5,9 milhões. Em seguida veio a Administração, que consumiu R$ 4 milhões.

Outros gastos maiores foram feitos com Gestão Ambiental (R$ 1.305.011,07), Encargos Especiais (R$ 889.062,18), Assistência Social (R$ 384,5 mil) e Cultura (R$ 326,3 mil).

Agricultura esquecida - Pelo outro lado, um dos menores investimentos feitos pela Prefeitura foi com a Agricultura, onde foram gastos, apenas, R$ 51.125,35 no setor. O valor é mais de três vezes menor do que o que foi gasto com o São João 2013 da cidade, que “queimou”, numa época de grande seca, R$ 180 mil.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gostou da matéria... Comenta, vai!