sábado, 11 de janeiro de 2014

Veneziano reúne lideranças de seis cidades e dá pontapé inicial de sua campanha no Vale

Pré-candidato ao governo esteve em Itaporanga nessa quinta-feira


Por Redação da Folha – O pré-candidato ao governo estadual pelo PMDB, Veneziano Vital do Rego (foto), esteve em Itaporanga nessa quinta-feira, 9, aniversário da cidade, e foi recepcionado com um almoço festivo no sítio Barrocão, onde se reuniu com lideranças de vários municípios regionais.

Recepcionado pelo presidente da Câmara Municipal, o peemedebista Jacklino, herdeiro político do seu tio Antônio Porcino, Veneziano Vital deu o pontapé inicial de sua campanha por aqui: entre os líderes políticos regionais, ele recebeu o prefeito de Ibiara, Pedro Feitoza (PT) e seus vereadores e fechou com o grupo. “A conversa foi boa e vamos apoiá-lo”, comentou o vereador ibiarense Marcinho Pereira.

Um outro prefeito que também esteve no almoço foi Allan Bastos (PR), de Pedra Branca. Seu pai Antônio, que é do PMDB, também participou do encontro e é mais um grupo político que deve fortalecer a campanha do partido na região.

Quem também esteve no encontro do Barrocão foi o ex-prefeito de Diamante, Hércules Mangueira, lider local do PMDB e uma das cabeças do grupo junto com a prefeita Marcília Mangueira. O também peemedebista e vice-prefeito de Coremas, Lucrenato Júnior, foi outra liderança que participou do almoço junto com os vereadores Marquinhos de Lucrenato e Laedson Andrade.

O grupo político liderado pelo ex-prefeito de Boa Ventura, Miguel Estanislau (PMDB), também esteve no encontro: além dele, vários vereadores igualmente estiveram presentes.

Bem receptivo e carismático, Veneziano contactou com as lideranças durante toda a tarde, e à noite caiu no meio da multidão durante a festa pelos 149 anos de emancipação política de Itaporanga. A intenção do pré-candidato, comforme disse em entrevista, é descentralizar sua campanha e criar núcleos de coordenação locais e regionais por todo o estado. "Não podemos repetir as falhas da campanha de 2010, quando perdemos a eleição mais por erros nossos do que por mérito dos nossos adversários", comentou.  

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gostou da matéria... Comenta, vai!