sábado, 4 de janeiro de 2014

Lucy Alves (The Voice) Abrilhantou seu show na praia de Tambaú...

Lizete a irmã de Lucy Alves

A cantora e instrumentista paraibana, Lucy Alves emociona a multidão que compareceu ao Busto de Tamandará nesta sexta-feira, em João Pessoa.

Assista Lucy Alves (The Voice) Abrilhantou seu show na praia de Tambaú com mais de 80.000 FÃS. 






Legado do The Voice à música brasileira

O virtuosismo vocal estéril é o legado do The Voice à música brasileira. Torturam as notas até não sobrar nada delas, ignoram as letras em prol de um exibicionismo obtuso, matam a pauladas a gentileza

Sam Alves (Reprodução / Tv Globo)
Kiko Nogueira, DCM

O programa “The Voice” deixa como legado uma praga sinistra na música brasileira: o oversinging, a exibição de musculatura vocal e virtuosismo estéril que destrói qualquer canção.

Não era uma tradição brasileira. É uma herança bastarda do gospel. É o que já fazem há algum tempo, lá fora, Christina Aguilera, Mary J. Blige, Jessica Simpson, Josh Groban, Beyoncé, a insuportável Céline Dion, entre outros. Torturam as notas até não sobrar nada delas, ignoram as letras em prol de um exibicionismo obtuso, matam a pauladas a gentileza.

O ganhador do karaokê da Globo, Sam Alves, começou sua epopeia esfaqueando a delicada “Hallellujah”, de Leonard Cohen, e terminou gritando alguma outra música. É um retrocesso para o Brasil. João Gilberto e Tom Jobim — e depois seus seguidores Chico Buarque, Caetano Veloso, Gal Costa, Roberto Carlos e outros –, haviam atirado no século 18 o vozeirão de canastrões como Cauby Peixoto, Nelson Gonçalves e Ângela Maria. Perto desse pessoal do The Voice, Cauby, Ângela e Agnaldo Timóteo são silenciosos como a brisa.

Leia também


Não é agradável. Não é cantar. É gritar mais ou menos no tom. Não que não tenhamos tido intérpretes exagerados. Elis Regina, para ficar num exemplo, era derramada, dramática. Mas nunca em detrimento da canção. Ela estava a serviço dela. Elis se descabela em “Atrás da Porta”, de Chico, mostrando todos os seus dotes, sem abrir mão do que a composição está falando. Você pensa em cortar os pulsos, nem que seja por dois segundos.

O oversinging virou um padrão da indústria. O nível de intoxicação é tão grande que, aparentemente, não há mais o que fazer. A moça que interpreta forró é obrigada a dar cambalhotas vocais. O que esses caras fazem com Tim Maia é uma maldade. Tim, que inventou o soul brasileiro, era econômico com seus vastos recursos vocais. No final de “Gostava Tanto de Você”, ele se solta um pouco mais. É uma aula de contenção e feeling.

A nova histeria musical nacional quer que a melodia original se dane. O que importa é colocar o máximo possível de confetes num bolo até ele perder o gosto. É a globalização da ruindade. O rapaz de Fortaleza canta exatamente como o da Nova Zelândia. E eles vêm em série. É um ciclo vicioso que entope o mercado de vocalistas que berram, sempre a um passo de imolar suas gargantas.

Se você quiser culpar alguém, culpe Whitney Houston. Foi ela quem popularizou a técnica por trás do oversinging, chamada de melisma, a capacidade de emitir várias notas numa sílaba. Aretha Franklin fazia uso disso antes dela, mas Whitney levou a coisa a um outro patamar. No início dos anos 90, ela estourou com “I Will Always Love You”, em que o “I” durava seis segundos. Fazia estrepolias com o “You”, também. Sem desafinar, faça-se justiça. Na esteira dela, vieram seus clones modernos.

Suas acrobacias eram resultado de treino árduo e, claro, dom. O piro virtuoso de Whitney e seus asseclas é uma espécie de aviso aos autores: “Ok. Vocês bolaram essa harmonia, escreveram essa letra — mas agora a coisa está comigo e eu farei o que eu quiser”. Uma espécie de apropriação indevida, muito lucrativa em alguns casos.

Por trás de cada refrão estuprado por esses Godzillas, há um autor pedindo socorro. Os mortos não têm saída. Os vivos podem achar que vão ganhar dinheiro com isso. O oversinging é uma doença estética que, graças ao The Voice, vai ganhar o país. Como dizia Agnaldo Timóteo, a plenos pulmões: “Ai, ai, mamãe, eu te lembro chinelo na mão, o avental todo sujo de ovo. Se eu pudesse, eu queria começar tudo, mamãe, tudo de novo”.

Pragmatismo

BRASIL TEM POUCAS RAZÕES PARA REELEGER DILMA, DIZ THE ECONOMIST

Em especial de 14 páginas, revista britânica aponta os erros cometidos pela administração da presidente que fizeram o Brasil desapontar o mercado e perder credibilidade


De um foguete, representado pelo Cristo Redentor, que apontava para o alto, imponente, para uma aeronave desgovernada nos céus, perto de colidir com o Corcovado. Essa é a comparação feita pela revista britânica The Economist ao tratar da evolução do Brasil nos últimos quatro anos. A edição distribuída na América Latina questiona se o Brasil, de fato, “estragou tudo”, depois de ter sido, por um breve período, a estrela dos emergentes. Segundo a reportagem, a presidente Dilma Rousseff tem sido incapaz de enfrentar problemas estruturais do país e interfere mais que o antecessor na economia, o que tem assustado investidores estrangeiros para longe de projetos de infraestrutura e minado a reputação conquistada a duras penas pela retidão macroeconômica. A The Economist é categórica ao afirmar: “até agora, eleitores brasileiros têm poucas razões para dar a Dilma um segundo mandato”.

O especial de quatorze páginas sobre o Brasil é assinado pela jornalista Helen Joyce, correspondente da revista no país. “Na década de 2000, o Brasil decolou e, mesmo com a crise econômica mundial, o país cresceu 7,5% em 2010. No entanto, tem parado recentemente. Desde 2011, o Brasil conseguiu apenas um crescimento anual de 2%. Seus cidadãos estão descontentes – em julho, eles foram às ruas para protestar contra o alto custo de vida, serviços públicos deficientes e a corrupção dos políticos”, informa a revista, que já chegou a pedir, com certa ironia, a saída de Guido Mantega do ministério da Fazenda.


Em 2009, em meio à crise econômica mundial, a revista fez também um especial de quatorze páginas para ressaltar os anos de bonança do país, reproduzindo a imagem do Cristo decolando como se fosse um foguete. À época, a economia brasileira patinava, ainda sofrendo o impacto da turbulência nos Estados Unidos. Contudo, indicadores macroeconômicos estáveis acabaram contando mais, para a Economist, do que a retração econômica de 2009, de 0,2%.

Para a revista, a falta de ação do governo Dilma é a principal razão para o chamado “voo de galinha” do país, jargão usado para denominar situações em que países ou empresas têm um crescimento disparado, mas que não se sustenta. “A economia estagnada, um estado inchado e protestos em massa significam que Dilma Rousseff deve mudar de rumo”, informa a publicação.

O texto reconhece que outros emergentes também desaceleraram após o boom que teve o auge em 2010 para o Brasil. “Mas o Brasil fez muito pouco para reformar seu governo durante os anos de boom“, diz a revista. Um dos problemas apontados pela reportagem é o setor público, que “impõe um fardo particularmente pesado para o setor privado”. Um dos exemplos é a carga tributária que chega a adicionar 58% em tributos e impostos sobre os salários. Esses impostos são destinados a prioridades questionadas pela Economist. “Apesar de ser um país jovem, o Brasil gasta tanto com pensões como países do sul da Europa, onde a proporção de idosos é três vezes maior”, diz o texto que também lembra que o Brasil investe menos da metade da média mundial em infraestrutura.

Problemas antigos - A publicação reconhece que muitos desses problemas são antigos, mas Dilma Rousseff tem sido “relutante ou incapaz” de resolvê-los e criou novos “interferindo muito mais que o pragmático Lula”.”Ela tem afastado investidores estrangeiros para longe dos projetos de infraestrutura e minou a reputação conquistada a duras penas pela retidão macroeconômica, induzindo publicamente o presidente do Banco Central a cortar a taxa de juros. Como resultado, as taxas estão subindo, atualmente, mais para conter a inflação persistente”, diz o texto. “A dívida bruta subiu para 60% ou 70% do PIB – dependendo da definição – e os mercados não confiam na senhora Rousseff”, completa o texto. A Economistchega a ironizar, chamando a presidente de “Dilma Fernández”, que é o sobrenome de Cristina Kirchner, presidente da Argentina.

Veja

Polícia Civil esclarece furto e recupera calçados levados de depósito em Itaporanga

Foram furtados cerca de 40 pares, além de roupas, mas caso foi desvendado


Por Redação da FolhaTrês furtos seguidos a um depósito de calçados em Itaporanga, o último deles na madrugada do dia 30 de dezembro, renderam cerca de 40 pares de sandálias, além de várias peças de roupas, aos criminosos, mas o fato foi esclarecido e grande parte dos produtos recuperada e o restante poderá também aparecer.

A dona do depósito é Leonilda Rufino, que vende em uma banca na feira. Ela contou que os ladrões arrombaram o cadeado do local onde ela guarda sua mercadoria e levaram calçados e roupas, um prejuízo de 1.200 reais, mas, ao menos, 400 reais já foram recuperados, conforme a comerciante.

Uma testemunha ajudou os agentes da delegacia de Itaporanga a chegar aos acusados e grande parte dos produtos furtados foi recuperada neste sábado, 4. Como não houve flagrante, o delegado Cristiano Santana vai abrir o inquérito por portaria para responsabilizar os criminosos, que já foram identificados. "É importante que as pessoas vítimas de furtos procurem a polícia, registrem sua queixas porque, agindo assim, já vão estar colaborando com a polícia no combate ao crime", comentou o delegado. Fotos: produtos recuperados foram entregues à proprietária.

RC diz que campanha de 2014 será diferente da de 2010 e sentencia: “Não existe mais expectativa”


Natural candidato a reeleição, o governador da Paraíba, que está veraneando no Litoral Sul analisou rapidamente o cenário político e destacou paralelos entre as campanhas de 2010 e a de 2014.

“A campanha de 2014 será diferente da de 2010 porque agora não há expectativa. Existe um trabalho realizado e parece que a oposição não consegue nem colocar algo novo, somente a negação ou a destruição. Se pelo menos eles tivessem uma ideia para poder superar ou demonstrar ser melhor”, destacou.

Não satisfeito, Ricardo alfinetou a oposição e ressaltou que quem teve muito tempo e que não fez nada não pode criticar um governo tão recente.

“A oposição foi mal acostumada durante um longo período. Eles tiveram muito tempo para fazer e não fizeram. É realmente muito difícil de ser superado. Quem teve muito tempo para fazer e não fez não pode estar criticando em tão pouco tempo um governo que já fez tanto”.

Por fim, Ricardo revelou que dispõe de números que põe por agua abaixo qualquer crítica levantada pelos oposicionistas.

“Qualquer indicador que você coloque, nesse pouco tempo é melhor do que esses dos que me criticam”, disparou.

Vanessa de Melo com informações de Henrique Lima

Prefeito é denunciado por gastos com festas


O prefeito de Cacimbas, Geraldo Terto da Silva (PSB), desconsiderou o fato de que o município decretou estado de emergência por causa da seca e gastou só com festas juninas em 2013 a quantia de R$ 241.559,70.

A denúncia foi feita pelo vereador Cícero Bernardo Cezar (PR), que já acionou o Ministério Público Estadual e o Tribunal de Contas para apurar as irregularidades.

As despesas foram com a Festa do Cacimforró e a Festa do Forrotiano.

Ele revelou que o valor gasto corresponde a quase 40% da receita média mensal do município proveniente das duas fontes (FPM e ICMS). O vereador usou como parâmetro a média mensal do primeiro semestre de 2013, que foi da ordem de R$ 624.091,09. “Todo o valor gasto com festejos juninos em 2013 daria para a aquisição de 12 milhões de litros de água potável para a população rural. O que foi diversão para jovens e amantes do forró, poderia fazer a diferença na vida dos homens e mulheres do campo”, afirmou.

Na denúncia que encaminhou ao Ministério Público da comarca de Teixeira, ele destaca que os altos valores apontam para a suspeição de superfaturamento na contratação de atrações musicais, já que em algumas cidades vizinhas e em outras do Estado da Paraíba elas foram contratadas por preços muito menores dos valores contratados e pagos pela prefeitura de Cacimbas. Ele identificou que foram realizadas várias inexigibilidades de licitação, por intermédio de empresas agenciadoras, no valor de R$ 150 mil, o que na sua opinião são irregulares. “A prefeitura não podia formalizar inexigibilidades de licitação, quando a obrigação seria licitação, carta convite ou pregão”.

Com base em um levantamento realizado no Sistema Sagres do Tribunal de Contas, ele constatou que a prefeitura gastou com festas juninas mais que outros municípios da Paraíba, que não decretaram estado de emergência. O parlamentar citou os casos de Mataraca (R$ 238.600,00), Jacaraú (R$ 85.300,00), Juripiranga (R$ 78.140,00), Conde (R$ 73.000,00), Cruz do Espírito Santo (R$ 55.000,00), Serraria (R$ 41.300,00), Lucena (R$ 26.627,74) e Pitimbu (R$ 19.260,00). “O estado de emergência decretado pela falta de chuva não sensibilizou o prefeito de Cacimbas, que de forma irresponsável gastou cerca de R$ 240 mil com forró em 2013”, criticou.

O prefeito Geraldo Terto não foi localizado para falar das denúncias contra ele. Seus telefones estavam fora de área e no telefone da prefeitura uma funcionária, de nome Talita, informou que ele estava viajando. O gestor está no primeiro mandato. Nas eleições de 2012, ele obteve 54,91% dos votos. A cidade está localizada na região de Teixeira e fica a 296 km de João Pessoa.

Lenilson Guedes

Estado perdoa dívidas de motos; Medida Provisória beneficia veículos de até 150 cilindradas


O Governo do Estado editou uma Medida Provisória (MP), publicada hoje no Diário Oficial do Estado, que prevê o perdão das dívidas referentes ao Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) e de taxas estaduais vinculadas ao Detran-PB para os proprietários de motocicletas e motonetas de até 150 cilindradas.

A proposta já havia sido encaminhada à Assembleia Legislativa, mas até agora não tinha sido apreciada.

Também haverá isenção de IPVA para pessoas com deficiência física, visual ou mental.

Por se tratar de uma MP, a determinação tem validade por 60 dias, até que seja aprovada pela Assembleia.

“Esta Medida Provisória pretende oportunizar aos proprietários dos veículos descritos na referida norma a regularização de pendências tributárias registradas em seu nome. De modo geral, considerando que tais veículos estão em poder de pessoas com menor poder aquisitivo, o benefício proposto atingirá parcela vulnerável da sociedade. Sendo, portanto, de relevante cunho social”, afirmou o governador Ricardo Coutinho, em texto enviado ao presidente da ALPB, Ricardo Marcelo.

O perdão das dívidas independe da renda do proprietário da motocicleta e é exclusivo para o IPVA, não valendo a remissão para o seguro obrigatório e multas de trânsito. Para ter direito à anistia das dívidas dos anos anteriores, o motociclista terá que pagar o IPVA referente ao ano de 2014 normalmente. Além disso, o perdão da dívida só será garantido para um veículo por proprietário.

Jornal Correio da Paraíba/Felipe Ramelli

Prefeito da região de Cajazeiras não paga salários há três meses e aumenta impostos em 100%


O presidente do diretório municipal do Partido Humanista da Solidariedade (PHS), da cidade de Uiraúna, José Antônio de Almeida Neto (Pingo D'água) denunciou nesta sexta-feira (03), que o prefeito Bosco Fernandes (Dr. Bosco - PSB), não paga aos servidores há três meses.

De acordo com Pingo D´água, o prefeito sertanejo não pagou a nenhuma categoria os meses de novembro, dezembro e o 13º salário. "Aqui os funcionários estão revoltados".

Perguntado pela reportagem do Diário do Sertão sobre as justificativas de Dr. Bosco, o denunciante respondeu: "Não há justificativa para este tipo de coisa".

Outras denúncias
O vereador Benevenuto Claudino (PSD), confirmou o atraso salarial e criticou o prefeito. "Não justifica atrasar salários da educação e saúde, pois são verbas do Governo Federal"

O vereador denunciou também, o aumento injustificado de impostos através de reforma no Código Tributário do município. "A taxa de iluminação pública aumentou em 100%".

Benevenuto informou ainda, que o prefeito aumentou a taxa de ICMS, que era 3% passando para 5%, além de criar novos impostos, como: taxa de contribuição de melhoria, reflorestamento, entre outros.

Revolta
A população saiu às ruas da cidade em protesto nesta sexta-feira (03), pois o prefeito além de não pagar aos servidores, 'presenteou' a população com inúmeros impostos logo na primeira semana do ano.

O outro lado
Procurado pela reportagem, o prefeito não atendeu ao telefone para explicar o caso.

ClickPB

Presentinho do governador aos cidadãos do Vale chegará na conta d’água

Aumento na taxa de água e esgoto supera 8%, apesar da precariedade dos serviços na região


Por Redação da Folha – Todos os cidadãos regionais que residem em ruas com rede de esgoto e estão fora do padrão de baixa renda receberão um presente de Natal não muito agradável do governo Coutinho.

A lembrancinha virá na conta d’água de dezembro, que é paga este mês, e deve pesar no bolso do consumidor. Caladinho entre os festejos natalinos e de final de ano, o reajuste, aprovado pelo órgão regulador, foi considerável, embora a qualidade dos serviços oferecidos pela Cagepa no Vale seja questionável.

O aumento superou os 8% e deve atingir milhares de consumidores na região: o reajuste atinge residências, comércios e indústrias, apesar da falta d‘água em várias cidades do Vale, da precariedade do sistema sanitário regional e a deficiente manutenção.

Cidades como Itaporanga, Piancó, Caiana, Igaracy, Diamante, Boa Ventura, Conceição e outras regionais sofrem há anos com a falta ou racionamento d’água, mas as obras para melhorias do sistema não chegam ou não são concluídas. 

Em 2013, 118 mulheres foram assassinadas na Paraíba

Número foi menor do que 2012, quando foram registradas 139 mortes


Mais um relatório sobre a situação da segurança na Paraíba foi divulgado pelo Estado. Segundo os órgãos operativos, pelo segundo ano consecutivo, os índices de assassinatos de mulheres na Paraíba reduziram. Em 2013, foram contabilizados 118 casos, enquanto que no ano passado 139 mulheres foram vítimas dos chamados Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLI) (homicídios dolosos ou qualquer outro crime doloso que resulte em morte).

Os números que apontam uma queda de 15% são do Núcleo de Análise Criminal e Estatística (Nace) da Secretaria da Segurança e da Defesa Social (Seds). O setor é responsável por contar todos os homicídios registrados no Estado por meio de uma metodologia multifonte, que analisa dados do Instituto de Polícia Científica, Sistema de Saúde e imprensa, entre outros. De acordo com o Nace, a quantidade de crimes com vítimas do sexo feminino ocorridos no ano passado também é menor do que o aferido em 2011 e 2010 (146 e 135 casos, respectivamente).

Para o titular da Seds, Cláudio Lima, a redução desse tipo de crime se deve à atenção especial que a gestão tem dedicado ao enfrentamento à violência doméstica e de gênero. “Além da operação ‘Contra a Ameaça’, já prevista nos planos operacionais da Secretaria da Segurança, ainda foi implantado este ano o programa ‘Mulher Protegida’, nas cidades de João Pessoa e Campina Grande, por meio do qual a polícia faz o acompanhamento da vítima após a ameaça, indo à comunidade e sempre em contato direto para que um outro crime, contra a vida, por exemplo, não aconteça”, lembrou o secretário.

A delegada titular da Delegacia de Atendimento à Mulher de João Pessoa, Maísa Félix, destacou que campanhas desenvolvidas em parcerias com a Secretaria da Mulher e da Diversidade Humana, e também com o Tribunal de Justiça, foram importantes para que as mulheres procurassem a polícia e denunciassem violências sofridas. “O registro nas delegacias aumentou graças à conscientização que se torna cada vez maior e também pela confiança que as vítimas têm na polícia. A vítima procura o aparelho estatal, que está pronto para recebê-la e solicitar medidas protetivas e o homem se sente receoso em agredir, já que será punido”, destacou.

A delegada ainda citou o Disque Denúncia – 197 – como instrumento importante para denúncias, quando a mulher por qualquer motivo não se sentir à vontade para denunciar na delegacia. Outra medida relevante foram duas portarias publicadas pela Secretaria da Segurança, segundo as quais não é mais necessária a presença de testemunhas para que se denuncie a violência contra a mulher. “No momento mais delicado, no primeiro momento, quando a vítima se sente mais frágil e angustiada, pode ter a certeza do atendimento e do pedido de medidas de proteção necessárias sem que seja preciso ainda a presença de duas pessoas”, frisou Maísa.

WSCOM Online

Show de Lucy Alves reúne milhares de pessoas em praia de João Pessoa

Extremo Cultural tem shows em todos os fins de semana até 1º de fevereiro. Neste sábado tem Vinícius e Sobral e César Menotti e Fabiano em Tambaú.

Lucy Alves foi homenageada e inserida no projeto Extremo Cultural (Foto: Juliana Santos/Secom-JP)

A cantora e multi-instrumentista Lucy Alves abriu o Extremo Cultural, festival de música promovido pela prefeitura de João Pessoa na noite da sexta-feira (3), quando reuniu milhares de pessoas no palco Lucy sobe ao palco montado no Busto de Tamandaré, na praia de Tambaú, em João Pessoa. A paraibana, que faz parte do grupo Clã Brasil, está vivendo um momento de grande destaque após sua participação no The Voice Brasil.

Show de Lucy Alves reúniu milhares de pessoas na praia de Tambaú (Foto: Juliana Santos/Secom-JP)

saiba mais


A artista disse estar muito honrada com homenagem e por todo o carinho que tem recebido do público, e dos paraibanos em especial. “É muito bom para um artista ter o trabalho reconhecido pelas pessoas, principalmente as da minha terra. Tenho recebido um carinho muito grande em todos os lugares que vou. Só posso agradecer por esse momento e torcer para que mais artistas paraibanos possam receber isso do nosso público”, afirmou.

A participação de Lucy não estava prevista no projeto, mas o prefeito Luciano Cartaxo explicou que quis fazer uma homenagem à paraibana que se destacou e promoveu o estado num concurso nacional.

Em sua apresentação, Lucy cantou versões de grandes clássicos de Luiz Gonzaga, o Rei do Baião. Ela também as músicas que a levaram à final do The Voice Brasil; “De volta pro aconchego”, “Isso aqui tá bom demais” (Dominguinhos), “Disparada” (Geraldo Vandré), “Segue o seco” (Carlinhos Brown) e “Festa do interior” (Moraes Moreira), alternando instrumentos como a sanfona e o piano.

Grupo Os Gonzagas abriu a noite na praia de Tambaú tocando sucessos do forró mais tradicional (Foto: Juliana Santos/Secom-JP)
Os Gonzagas

Antes da grande homenageada da noite se apresentar, o palco instalado no Busto de Tamandaré foi tomado pelos jovens da banda Os Gonzagas, que trouxeram um repertório recheado de xotes, marchinhas galopadas, baiões e forrós. O grupo apresenta um variado mosaico de ritmos regionais, a exemplo do maracatu, coco e ciranda, que animou o público e deu o tom de animação que tomou a festa durante toda a noite.

No show, trouxeram clássicos de Luiz Gonzaga, Jackson do Pandeiro, Djavan, Marinês e Dominguinhos, além de canções autorias como “Deixa o Vento Levar”, “Ah, se eu fosse dois” e “Amor da gota”. A banda é formada pelos irmãos Yuri e Luiz Gonzaga, respectivamente na sanfona e guitarra, o primo Daniel Costa (percussão e voz), e mais quatro amigos: Felipe Alcântara (triângulo e voz), Hugo Leonardo (contrabaixo e voz), Carlos Henrique (sanfona) e Caio Bruno (bateria).

Extremo Cultural

Neste sábado (4) a noite terá música sertaneja no Busto de Tamandaré. A dupla Vinícius e Sobral abre a programação, às 20h. Depois, César Menotti e Fabiano assumem a festa. Todos os shows desse festival são gratuitos.
A programação do Extremo Cultural ainda tem nomes como Beth Carvalho, Gal Costa e Titãs. A partir de agora, os shows acontecem sempre às sextas-feiras no Ponto de Cem Réis, no Centro, e no sábado no Busto de Tamandaré, na praia de Tambaú.
Também sobem no palco do Ponto de Cem Réis, além de Gal Costa, estão Vanessa da Mata, Dudu Nobre e Roberta Sá. Já pelo palco de Tambaú passam, além de Beth Carvalho, Frejat e Jota Quest.

Veja os detalhes da programação:
Sábado (4): Busto de Tamandaré
20h – Vinícius e Sobral
22h - César Menotti e Fabiano
Sexta-feira (10): Ponto de Cem Réis
20h - Gustavo Magno
22h – Vanessa da Mata

Sábado (11): Busto de Tamandaré
20h - Erick Von Sohsten
22h - Beth Carvalho
Sexta-feira (17): Ponto de Cem Réis
20h - Ramon Schnayder
22h - Dudu Nobre

Sábado (18): Busto de Tamandaré
20h - Mira Maya
22h - Frejat
Sexta-feira (24): Ponto de Cem Réis
20h – Eloísa Olinto
22h - Gal Costa

Sábado (25): Busto de Tamandaré
20h - Rock Retrô
22h - Jota Quest
Sexta-feira (31): Ponto de Cem Réis
20h - Renata Arruda
22h - Roberta Sá

Sábado (1°): Busto de Tamandaré
20h - Val Donato
22h - Titãs

G1 PB

Homem ameaça a própria mãe, resiste à prisão e danifica viatura policial

Ocorrência foi na tarde dessa sexta-feira em Pedra Branca


Por Redação da Folha – Embriagado e em completo descontrole emocional, José Rodrigues de Almeida, de 32 anos, deu trabalho aos policiais militares que atenderam a ocorrência. A informação é que o acusado tentou agredir e ameaçou a própria mãe, com quem reside no sítio Letreiro, que fica vizinho à cidade de Pedra Branca (foto). O caso foi na tarde dessa sexta-feira, 3.

Não é a primeira vez que ele se envolve em confusão com os familiares e já foi preso anos atrás. Depois de resistir à prisão, o homem danificou com chutes uma das viaturas policiais designadas para a ocorrência.

Depois de contido, o homem foi encaminhado à delegacia de Piancó por falta de cárcere na Polícia Civil de Itaporanga, onde deverá ser autuado no correr deste sábado, 4, por dano e ameaça. 

MEC divulga as notas do Enem 2013


O Ministério da Educação divulgou na noite desta sexta-feira (3) o resultado da edição de 2013 do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). As notas já podem ser consultadas no site do Enem. Para ver o resultado, o candidato precisa inserir seu CPF ou número de inscrição, além da senha cadastrada no sistema. O site traz um link para recuperar a senha, caso o candidato tenha perdido.

O MEC havia prometido divulgar a nota do Enem entre esta sexta-feira e o sábado (4), o que levou muitos estudantes a passar o dia todo consultando o site do exame à espera dos resultados.

O Enem foi realizado nos dias 26 e 27 de outubro. Mais de 5 milhões de candidatos fizeram as provas em todo o país. Eles responderam a questões de quatro áreas do conhecimento do ensino médio (ciências da natureza, ciências humanas, matemática e linguagens) e fizeram uma redação, que teve como tema a Lei Seca.

Os candidatos poderão usar a nota do exame para concorrer a uma das 171.756 vagas da edição do primeiro semestre de 2014 do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) oferecidas pelas 115 instituições de ensino superior participantes.

Por enquanto, o sistema está disponível apenas para consulta. Nele, o candidato pode pesquisar as vagas oferecidas pelas instituições. As inscrições terão início na próxima segunda-feira (6) e vão até as 23h59 do dia 10 de janeiro.

A nota do Enem também serve para outros programas do governo federal, como o de cursos do ensino técnico (Sisutec), de bolsas de estudos em universidades particulares (Prouni), financiamento estudantil (Fies) e intercâmbio no exterior (Ciência sem Fronteiras).


G1

Ano novo; tudo velho


A magia do 31 de dezembro acaba logo no primeiro de janeiro...

Graciella ganha cinco quilos de puro músculo e muda formas do corpinho

Graciella Carvalho é dona de um corpo irretocável, mas quer ganhar massa muscular. Para isso, há um mês a modelo – que ficou conhecida como vice Miss Bumbum 2011 –

incrementou sua dieta e aumentou a carga de exercícios físicos. Com isso, ganhou cinco quilos. Mas são cinco quilos de puro músculo e não de gordura. A massa gorda foi eliminada em um trabalho de hipertrofia. “Já estou me preparando para o verão e para o carnaval. E, quem sabe, talvez dispute um concurso de Bodybuilding”, diz Graciella, que pulou dos 60 para o 65kg.

A dieta, confessa, é sofrida. Carboidratos são liberados apenas duas vezes por semana. Nem todas as frutas são permitidas, no entanto Graciella não se considera “paranoica” e come maçã, melancia e morango. Apenas a banana, fruta com maior índice glicêmico, fica restrita a duas vezes por semana.

Proteínas são a fonte de sua dieta. Peixe, frango e ovos são permitidos. No entanto, o chocolate que ela tanto ama e que era liberado nos fins de semana, foi expulso do cardápio. “Resolvi fazer a dieta de segunda à segunda. Amo chocolate, mas resolvi excluí-lo. Gosto do que vejo no espelho e quero secar ainda mais para definir os músculos”.

Nas fotos abaixo, a atual apresentadora do Multishow mostra o resultado de seu esforço. “É o meu estilo de vida. Adoro malhar e me alimentar bem. Agora quero um corpo mais definido e para isso estou malhando muito para alcançar mais esse objetivo”.


Em Piancó, Prefeitura reabre Farmácia Popular


Estará funcionando na próxima segunda feira 06/01, de segunda a sexta-feira: das 8h às 18h e nos sábados de 8h às 12h a FARMÁCIA POPULAR DO BRASIL em Piancó-PB. Segundo informou o Secretário de Saúde Ruclenato Gomes, a reabertura da Farmácia Popular (em Piancó), que, estava fechada desde junho de 2013, por falta de regulamentação da gestão passada, só foi possível mediante os esforços e a bravura do Prefeito Sales Lima,que nas suas viagens à Brasília tratou diretamente o problema com as autoridades competentes.’Não podemos deixar de forma alguma que a população mais carente, deixe de ter acesso aos seus remédios e por valor que chega a 90% mais barato…Disse o prefeito.


010 (17)O programa atende a toda população e é dirigido, sobretudo, às pessoas que interrompem o tratamento por não conseguirem arcar com o preço dos remédios. Os usuários das farmácias populares recebem atendimento personalizado, realizado por farmacêuticos e profissionais qualificados para orientar sobre os cuidados com a saúde e o uso correto dos medicamentos.

O programa facilita o acesso a uma lista de 97 medicamentos classificados como essenciais, alem de preservativos masculino. São remédios da atenção básica que atendem cerca de 80% das doenças que atingem a população, entre elas: Hipertensão, diabetes, úlcera gástrica, depressão, asma, infecções e verminoses.

A Farmácia Popular (de Piancó) está instalada no antigo prédio onde funcionava a usina de algodão na Rua Pedro Ângelo no centro da cidade.

Ascon

sexta-feira, 3 de janeiro de 2014

Empresário abre portas do seu negócio para mostrar como funciona um moderno aterro sanitário

Atualmente, o aterro absorve lixo de três cidades, mas tem capacidade para atender toda a região


Por Redação da Folha – Coragem, fé e conhecimento são ingredientes para concretizar qualquer sonho. Mas no caso do advogado e empresário piancoense Remígio Júnior foi preciso tudo isso e mais um milhão e meio de reais. Esse foi o tamanho do investimento até agora na Emlurpe (Empresa de Limpeza Urbana), um moderno aterro sanitário construído no sítio Saboeiro, município de Piancó, há quase quatro anos. Uma frase escrita na frente da sede do empreendimento resume o sentimento do proprietário: "aqui o dono é Jesus".

Na manhã desta sexta-feira, 3, dia do seu aniversário de 51 anos, Remígio Júnior abriu as portas do empreendimento à imprensa regional para mostrar como funciona o aterro, que hoje absorve o lixo de três cidades (Aguiar, Pedra Branca e Curral Velho), mas tem capacidade para atender todo o Vale, dando destinação correta aos resíduos sólidos produzidos por cem mil pessoas.

“Muita gente pensa que aterro sanitário é somente um buraco no chão cheio de lixo, e não é assim: é uma obra cara e complexa, mas muito importante para o meio ambiente porque evita a degradação da natureza ao absorver os rejeitos que iriam para as matas e rios”, disse Remígio, ao informar que a principal dificuldade para montar o aterro, além dos equipamentos e obras estruturais, foi a regularização documental: “são muitas exigências para você conseguir autorização para funcionar, e nós levamos um ano inteiro somente para conseguir essa documentação, mas, graças a Deus e muito esforço, foi tudo regularizado”.


Além do escritório administrativo e do alojamento, o aterro sanitário tem dois pontos essenciais: o primeiro é o galpão, onde o lixo vindo das cidades é depositado e, em seguida, passa por uma seleção onde os resíduos são separados conforme sua categoria: materiais recicláveis como alumínio, papelão, plástico e outros são organizados e vendidos. Uma cooperativa de catadores é que explora esse serviço e gera emprego para dez pessoas, com perspectiva de duplicar esse número nos próximos meses.

O restante do rejeito, tudo o que não é reciclável, especialmente o lixo orgânico, é encaminhado para o aterro, também chamado de célula, que é o segundo ponto mais importante do empreendimento. Hoje, conforme o empresário, somente 25% dos resíduos que chegam à empresa são aterrados e, futuramente, com a aquisição de um triturador, serão apenas 5%. Isso porque todo o lixo orgânico será transformado em adubo para a agricultura. “Ou seja, quase todo o lixo será reaproveitado”, comentou entusiasmado.

A empresa, além da importante contribuição que está dando à natureza, também é uma opção para as Prefeituras regionais. Elas precisam se adequar à Lei Nacional de Resíduos Sólidos, que só vai tolerar os lixões até agosto deste ano. A partir dessa data, prefeitos e municípios serão duramente penalizados se continuarem jogando lixo no meio ambiente, comprometendo a natureza e a saúde pública.


Atualmente, duas das maiores cidades regionais, Itaporanga e Piancó, continuam depositando seu lixo irregularmente na natureza, apesar de terem um aterro sanitário na porta de casa. Interesses políticos motivam essa irregularidade. Ao alugarem áreas naturais para deposição indevida de rejeitos, essas Prefeituras utilizam o próprio dinheiro público para degradar o meio ambiente, ou seja, cometer um crime ambiental. 

Fotos (www.folhadovali.com.br): algumas das várias etapas do aterro sanitário.

Quanto custa cada aparição de Dilma na TV


A estratégia da presidente Dilma Rousseff de aparecer cada vez mais em pronunciamentos em rede nacional de rádio e televisão custou até agora R$ 1,2 milhão aos cofres públicos desde o primeiro ano de seu mandato, em 2011. Cada vez que a presidente vai à TV, o Palácio do Planalto desembolsa R$ 90 mil com produção, gravação, edição, computação gráfica, trilha, locução, equipe e equipamentos.

Esta semana Dilma fez seu 17º pronunciamento desde que tomou posse. Trata-se de uma média que supera cinco aparições por ano. Seus antecessores, Luiz Inácio Lula da Silva e Fernando Henrique Cardoso, registraram uma média inferior a três pronunciamentos de TV anuais.

Tião Lucena

Finalmente, Conceição tem delegado: um dos dois nomeados para o município chegou

Desde essa quinta-feira, Leonardo Formiga está atuando


Por Redação da Folha Foram quase oito meses sem delegado e finalmente os serviços da Polícia Civil em Conceição foram normalizados com a chegada de um dos dois delegados nomeados para o município pelo Governo do Estado no final do ano passado.

O dr. Leonardo Formiga assumiu a delegacia de Conceição nessa quinta-feira, 2, e já começou a reorganizar as atividades da polícia. “São muitos inquéritos vencidos e outros sem conclusão, mas, aos poucos, vamos colar tudo em ordem, e nosso objetivo também é atender melhor a população, já que há muita procura por Boletim de Ocorrência”, comentou o delegado durante contata com a Folha na tarde desta sexta-feira, 3.

Natural de João Pessoa, onde atuou durante muito tempo, dr. Leonardo vai trabalhar em Conceição pela primeira vez, mas há conhecia a cidade. Segundo ele, as condições de trabalho são razoáveis e está satisfeito com o apoio que tem recebido do delegado regional.

Formiga vai dividir os trabalhos da delegacia com outro delegado, o dr. Glauber Fontes, o primeiro a ser nomeado para o município, e que ainda não apareceu em Conceição. A informação da delegacia regional é que ele está concluindo um inquérito em João Pessoa para o qual foi designado em caráter especial. 

Primeiro fim de semana de 2014 em João Pessoa está repleto de shows


O verão em João Pessoa está repleto de shows e atrações para munícipes e turistas. Este final de semana a programação está ampla. Confira:

Sexta – 03 de Janeiro

  • A cantora e multi-instrumentista Lucy Alves faz o primeiro show em sua terra natal após o sucesso no programa The Voice Brasil. Quem abre a noite, às 20h, são os forrozeiros de raiz da banda Os Gonzagas; 
  • Projeto Sexta com Rock estreia com shows das bandas Nuvens Psicodélicas, com rock, soul e jazz, e Integrantes, com pop rock e grunge. Na Filial da Cachaçaria Philipéia.Ingressos:R$ 10 (antecipado) | R$ 15 (na hora);
  • Na Domus Hall tem Forró Summer Festival tem Aviões do Forró, Dorgival Dantas, Solteirões do Forró e João Lima. Ingressos:R$ 45 (pista meia) | R$ 90 (pista inteira) | R$ 80 (camarote frontstage) | R$ 1.200 (camarote privê para 10 pessoas;
  • Na boate Zodíaco tem rock com PR4 e Sonnet tocando U2, a partir das 22h. Ingressos R$ 35;
  • A partir das 23h, no Atol tem Área Cinco 1, tocando o melhor do pop rock nacional e internacional.


Sábado – 04 de Janeiro

  • O Sunset Beach recebe, todo sábado, o forró de Luan Estilizado e ainda a banda Toque de Samba, às 17h. Ingressos: Blue MoonR$ 30 (individual) | R$ 400 (lounge para 8 pessoas);
  • Primeiro dia do projeto 'Extremo Cultural' tem a dupla sertaneja César Menotti e Fabiano. Abertura fica por conta da dupla local Vinícius e Sobral, às 20h no Busto de Tamandaré. Entrada gratuita;
  • Na boate Zodíaco tem Ramon Schnayder e Samba Muleki, a partir das 22h. Ingressos R$ 35;
  • A partir das 22h, o Coletivo Mundo realiza na noite deste sábado mais uma edição do projeto “Quanto Vale o Show?”. Quem sobe ao palco do Centro Cultural Espaço Mundo dessa vez é a banda paraibana Motherhell e o projeto Purple Haze Trio. No projeto, o público, de forma livre e consciente, contribui com o valor que achar justo pelo show, e todo o valor arrecadado é destinado aos artistas.

Domingo – 05 de Janeiro

  • O Fest Verão vai embalar a festa de milhares de paraibanos e turistas. A festa começa já no dia 5 de janeiro com shows de Lulu Santos, Wesley Safadão, Asa de Águia, Babado Novo e Arreio de Ouro. Na Praia de Intermares, a partir das 16h. Ingressos: Lojas Esposende de João Pessoa e Recife, na sede do Fest Verão (Avenida Edson Ramalho, 1.037) Pista R$ 50 (meia entrada) ou R$ 120 (pacote para os três dias); camarote VIP R$ 90 ou R$ 240 (pacote para os três dias); camarote Lovina R$ 180; camarote Skol R$ 300.

ClickPB

Cícero acusa Ricardo de fazer propaganda em mensagem de fim de ano, e prevê cassação!


Senador tucano disse que governador usou mensagem de fim de ano para promoção pessoal.

O senador Cícero Lucena (PSDB) acusou, nesta sexta-feira (3), o governador Ricardo Coutinho (PSB) de fazer propaganda eleitoral antecipada na mensagem governamental de fim de ano. O tucano disse que vai provocar o Ministério Público Federal e também o estadual para que acionem Ricardo judicialmente por abuso de poder econômico e improbidade administrativa.

“Estou fazendo um apelo ao Ministério Público Federal para que abra um processo de abuso de poder econômico contra o governador, por fazer mensagem de final de ano, fazendo propaganda à imagem dele, com o nome na TV informe publicitário. Isso é crime de inelegibilidade sumária”, afirmou Cícero Lucena.

Para o tucano, apesar do vídeo divulgado na imprensa ter sido chamado pelo governo de mensagem de fim de ano, ele teve conteúdo político eleitoral. “As irregularidades são duplas, o Ministério Público estadual tem que entrar também por improbidade administrativa. Prefeitos já foram cassados, só poque publicaram propaganda de emancipação do município com a foto deles”, destacou o senador.

O procurador-geral do Estado, Gilberto Carneiro, disse que a mensagem veiculada pelo governador foi normal e não possui nenhum tipo de irregularidade. Ele também criticou Cícero. “Isso é um comportamento recorrente do senador, o comportamento dele sempre foi de procurar 'chifre em cabeça de cavalo'. A mensagem foi absolutamente normal, de prestação de contas do presente, do passado e do futuro, sem fazer qualquer tipo de vinculação eleitoral, sem fazer promoção pessoal ”, declarou.

Antes de ir ao ar, a mensagem do governador foi analisada pela procuradoria. Segundo Gilberto, após essa análise ficou claro que não havia nada de cunho eleitoral. “O governador está no exercício de um cargo que lhe dá um direito de fazer pronunciamento para levar informação ao público”, completou o procurador.

Jhonathan Oliveira/ JPOnline

Na mídia nacional: Cássio é candidato; Nonato coordenará campanha tucana

Blogueiro revela que senador já tomou a decisão e escolha causa insatisfação em RC       


O jornalista Mino Pedrosa, revelou nesta sexta-feira (3) em seu Blog no endereço, http://www.quidnovi.com.br, que o senador Cássio Cunha Lima (PSDB) já decidiu disputar o Governo da Paraíba.

De acordo com o blogueiro, Cássio teria escolhido o vice-prefeito de João Pessoa, Nonato Bandeira, para coordenar a campanha para o Palácio da Redenção.

A candidatura de Cássio teria o apoio do presidenciável tucano Aécio Neves que terá garantido o palanque eleitoral na Paraíba e fortalecer a sua candidatura no Nordeste.

Ele cita também que a decisão de Cássio estaria causando insatisfação no governador Ricardo Coutinho.

Confira a nota na íntegra

Palanque Garantido 

O senador Cássio Cunha Lima decidiu mesmo disputar o governo da Paraíba. Até já escolheu o seu coordenador político, o vice–prefeito de João Pessoa, Nonato Bandeira. O candidato tucano ao Palácio do Planalto Aécio Neves, já conta com o palanque de Cássio para fortalecer sua candidatura no nordeste. Não satisfeito com toda essa movimentação política, o governador Ricardo Coutinho disparou pelo Twitter, “Fechamos em 2013 com o número bem inferior de homicídios que nos anos anteriores”, e atacou os governadores Cássio Cunha Lima e José Maranhão que também disputarão as eleições.

MaisPB - com blog do Mino Pedrosa 

Cabaré em chamas movimenta a Rua da Areia


Até agora não foram divulgados os nomes das três pessoas que tocaram, sem querer, fogo num prostíbulo da Rua da Areia. O fogo involuntário aconteceu depois que um dos participantes da orgia de três acendeu o cigarro após o descanso da trepada e deixou a piola cair em cima do sofá. Dai para as chamas foi um pulo, como pulos foi o que deram os três - duas mulheres e um homem - que  momentos antes encheram a cama numa belíssima e movimentada suruba, regada a gritos de prazer e a gemidos agoniados de tesão.

A Rua da Areia, palco de outros prostíbulos, ganhou movimentação inusitada na noite do incendio. Mulheres peladas corriam como Evas e homens também pelados saiam dos quartos balançando as mandiocas, todos com medo das chamas que cresciam. Os bombeiros, como sempre, não apareceram e coube aos frequentadores do cabaré em chamas e dos cabarés vizinhos jogarem água e apagarem o fogo, não deles, que permaneceu aceso, mas do quarto.

Blog do Tião

Funasa libera dinheiro para obra local, apesar de irregularidades na execução do projeto

Recursos superam os 323 mil reais e são a última parcela de um convênio para abastecimento d´água rural


Por Isaías Teixeira/Folha do Vale - Apesar da Prefeitura de Itaporanga ainda não solucionar irregularidades encontradas nas obras de abastecimento d’água de três comunidades rurais do município, a Fundação Nacional de Saúde (Funasa) liberou, no dia 30 de dezembro passado, para o município R$ 323.171.46, última parcela do convênio firmado entre Funasa e Prefeitura e que destina à conclusão dos serviços, que foram iniciadas no começo de 2012 e já deveriam ter sido concluídos, conforme o cronograma do projeto. Os recursos são do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC 2).

O convênio, cujo valor total é R$ 1.077.238,19, beneficia com abastecimento d’água as comunidades de Cantinho, Agrovila Jesus Cristo e Pedro. Em duas das três comunidades, as obras já estão concluídas, mas uma vistoria realizada pelos técnicos da Funasa no final do ano passado encontrou várias irregularidades na execução do projeto, entre as quais a distribuição de água à população sem tratamento, embora a estação já esteja pronta e com todos os equipamentos instalados.

O relatório, publicada pelo órgão federal, revela ainda que, no Cantinho, a rede de distribuição vem apresentando constantes vazamentos. O problema, segundo o relatório, pode estar ocorrendo “pela falta ou uso inadequado de blocos de ancoragem”. Também foi constatada “ligação domiciliar com tubulação exposta e, inclusive, danificada”.

Na Agrovila Jesus de Nazaré, os técnicos receberam a informação que a água estava sendo distribuída em dias alternados, mas a Funasa orienta a Prefeitura no sentido de tomar as providências necessárias para sanar esse e todos os problemas apresentados no relatório. “A convenente (Prefeitura) deverá ser notificada para que, de imediato, tome todas as providências necessárias para colocar em funcionamento as Estações de Tratamento de Água no Sítio Cantinho e na Agrovila Jesus de Nazaré”, afirma o relatório.

A Prefeitura também deverá apresentar “Relatório Técnico com avaliação sobre funcionamento do Sistema de Abastecimento de Água da localidade Agrovila e apresentar soluções sobre problema na oferta de vazão e pressão suficiente para atender todas as residências objeto do projeto aprovado e, também, as inseridas após as adequações. Para o sítio Cantinho analisar qual o motivo da ocorrência de constantes vazamentos e tomar medidas corretivas”.

Com relação ao sítio São Pedro, o único entre os três beneficiados que ainda não teve o seu sistema de abastecimento d’água concluído, a Funasa adianta que já foram executadas a captação, a adutora, trecho da rede de distribuição e rede elétrica. No entanto, com a liberação da última parcela do convênio, os serviços deverão ser finalizados.

Caso não solucionem os problemas apresentados nas obras, os responsáveis poderão responder criminalmente pela aplicação incorreta do dinheiro público, mas a informação recente da Funasa é que a Prefeitura já foi notificada dos problemas e estaria providenciando a solução. 

Foto: vazamento foi um dos problemas encontrados na obra.

CRM vê 110 irregularidades no Hospital de Patos


Relatório feito pelo CRM apresenta 110 irregularidades na unidade. Secretaria de Saúde só vai se pronunciar depois de notificação do CRM.
O Conselho Regional de Medicina da Paraíba (CRM-PB) encontrou 110 irregularidades no Hospital Regional de Patos, no Sertão paraibano. Segundo o CRM, o hospital já foi fiscalizado pelo menos dez vez.


De acordo com o chefe de fiscalização do CRM, Eurípedes Mendonça, os problemas vão desde os mais simples até as irregularidades graves. “A escala de irregularidades vai de falta de roupa para os pacientes e problemas de higienização até falhas graves como alta taxa de obtuário na ala vermelha, paredes com mofo e infiltração e médicos que deixam de cumprir o plantão”, citou Eurípedes, em entrevista à TV Paraíba.

saiba mais

Uma funcionária que trabalha há mais de seis anos na unidade denunciou anônimamente à TV Paraíba uma série de problemas no Hospital. Fotos tiradas pela funcionária mostram banheiros quebrados e sujos, carrinhos de lixo hospitalar nos corredores do prédio, prontuários registrando falta de equipamentos básicos de saúde, entre outros.

Um relatório com todos os pontos observados pelo CRM vai ser encaminhado para a direção técnica do Hospital Regional de Patos e para o Procurador da República na cidade. O secretário de saúde do estado, Waldson Souza, explicou que só irá comentar sobre as irregularidades quando for notificado pelo CRM.

Outros casos
No último domingo (29), um aposentado de 83 anos morreu após ter alimentação injetada na veia no lugar do soro. De acordo com a Polícia Civil, uma técnica de enfermagem e a enfermeira supervisora teriam saído do plantão e o idoso ficou recebendo a alimentação por aproximadamente uma hora e meia. As duas devem ser indiciadas por homicídio culposo, quando não há intenção de matar. A assessoria de imprensa da secretaria citou que a diretoria do hospital está apurando o caso e vai tomar as medidas legais cabíveis.

Ainda em dezembro, dois médicos foram demitidos do hospital por faltar ao plantão e um terceiro está sendo investigado pelo CRM e pelo Ministério Público Federal por supostamente abandonar o trabalho. Ele teria saído do plantão para participar de um churrasco com amigos.

G1 PB

Semob faz bloqueios no Busto de Tamandaré para show de Lucy Alves


A Superintendência Executiva de Mobilidade Urbana (Semob) de João Pessoa definiu os pontos de isolamento que serão executados no show da cantora paraibana Lucy Alves, que acontece nesta sexta-feira (3) no Busto de Tamandaré.

A Semob vai bloquear, a partir das 19h, o final da Avenida Epitácio Pessoa, desviando os veículos pela Rua Antônio Lira, na altura do Banco do Brasil, isolando o entorno do local do show para garantir a segurança dos pedestres. Agentes de mobilidade estarão distribuídos nos bloqueios e nas ruas próximas ao evento para disciplinar o trânsito durante a apresentação.

Táxi e Ônibus – Para que não haja dificuldades na ida para o show ou na volta para casa, a Semob determinou às empresas concessionárias do transporte coletivo que reforcem a frota e aumentem o número de viagens das linhas que atendem a orla. O esquema vai funcionar a partir das 18h. Agentes de mobilidade estarão monitorando a frota de ônibus e, caso seja necessário, poderão pedir mais veículos às empresas para atender os usuários.

Também, para facilitar o deslocamento até o Busto e a volta para casa, haverá ponto de táxi na Avenida Nossa Senhora dos Navegantes, do trecho entre a Avenida Epitácio Pessoa e a José Augusto Trindade, em Tambaú.


PBagora com Assessoria