domingo, 2 de junho de 2013

Os Efes do Forró & Fabinho do Acordeon com novo e excelente CD na praça

É música boa nas festas juninas


Por Isaías Teixeira/Folha do Vale - A banda Os Efes do Forró & Fabinho do Acordeon acabam de lançar o seu segundo CD. O álbum, intitulado Isso é que é forró, tem 16 faixas musicais, sendo 14 delas no tradicional estilo pé de serra e duas contemplando o chamado forró universitário.

O trabalho traz 12 composições do próprio Fabinho e quatro de artistas da cidade. Dois cantores itaporanguenses também emprestaram a voz na obra: Zé Soares, que faz participação na música Falsa Liberdade, de autoria dele com um irmão; e Dudu, vocalista da banda Aveloz, que interpreta a canção Vá pra longe de mim, a primeira composição musical criada por Fabinho.

Além dessas duas músicas, o CD se destaca ainda com outras canções, entre as quais Obrigado, meu Deus!, Eu vou beber até cair, Estrela-Guia e Homenagem a Itaporanga, ambas criações de Fabinho. Esta última composição, como sugere o título, é um reconhecimento dele à cidade onde nasceu.

O CD Isso é que é forró foi todo produzido por Fabinho do Acordeon em gravadora própria, assim como é dele as melodias das músicas de sua autoria e todos os arranjos das canções que compõem a obra, conforme apurou a Folha (www.folhadovali.com.br).

Lançado há uma semana, o CD tem tido uma boa receptividade em Itaporanga, segundo Fabinho do Acordeon, que também apresenta um programa de forró em uma rádio comunitária local. “Graças a Deus, as pessoas têm gostado do nosso trabalho, e no programa de rádio que apresento as músicas desse CD têm sido muito pedidas para tocar”, afirmou o forrozeiro.

Com todo o material na praça e já entrando no gosto popular através das ondas radiofônicas, Os Efes do Forró & Fabinho do Acordeon estão prontos para animar as festividades juninas de Itaporanga, como o tradicional São Pedro, e de outras cidades da região.

Por que Efes do Forró – Quando foi criado por Fabinho do Acordeon em 2012, todos os nomes dos componentes da banda começavam com a letra f, o que foram uma boa sugestão para a denominação do grupo musical. Os Efes do Forró & Fabinho do Acordeon são duas pratas da casa que têm material pronto e merecem ser reconhecidos.

Para quem deseja contratá-los ou adquirir o CD, existem dois contatos possíveis: pelo celular, que é o (83) 9999-3526, ou por meio do email (fabinhodoacordeon@hotmail.com).

Um pouco da vida de Fabinho – O filho de dona Aparecida completará 30 anos de idade no dia 15 de julho, mas o gosto pela música teve início ainda na adolescência. Tinha 14 anos quando, de tanto esperar, deu as primeiras puxadas na sanfona. O instrumento era de um parente, mas ele teve que pagar para fazer o som sair daquele vaivém. Encantado, não parou mais. Era o início de um amor que virou casamento em pouco tempo de namoro. Um casamento que ele leva consigo, inclusive, no seu nome artístico.

Mas a vida do menino do sítio Poço Redondo não foi fácil. Não chegou a conhecer o pai, que morreu quando ele tinha apenas onze meses de vida. Seu José Ermínio também era sanfoneiro, mas a influência artística veio do padrasto, outro apreciador do instrumento.

A vida sofrida na roça nunca permitiu ao artista local comprar uma sanfona logo cedo, o que só foi possível em 2005, quando ele tinha 22 anos e já morava na cidade. Empolgado com a nova e significante conquista, compôs no mesmo ano a primeira música, gravada somente agora.

A cada trabalho artístico, o pai de Felipe, de 8 anos, e Flávia, de 5, vê seus sonhos profissionais se realizando a cada dia, através da realização pessoal na música e atividades similares. Uma realização que, certamente, deve merecer os aplausos da família, da esposa, dos filhos e dos que admiram sua luta.