sábado, 22 de setembro de 2012

Minha Casa, Minha Vida: no Ceará, MPF vai à Justiça para evitar expulsão de 3.200 pessoas


No município de Caucaia, assentado na região metropolitana de Fortaleza, o programa habitacional do governo federal mudou de nome. Chama-se Minha Casa, Meu Tormento. O sonho do teto próprio virou pesadelo para 3.200 pessoas.
A encrenca envolve quatro condomínios financiados com verbas da Caixa Econômica Federal. As obras foram paralisadas em fase final de acabamento. Impacientes, famílias cadastradas no programa oficial ocuparam as casas.
A Caixa foi à Justiça. Em 5 de setembro, o juiz federal Kepler Gomes Ribeiro concedeu liminar determinando a desocupação dos condomínios. Para evitar a expulsão, o procurador da República Oscar Costa Filho decidiu recorrer.
As famílias informam que desejam celebrar um acordo com a Caixa. Querem permanecer nas casas, submetendo-se às regras de financiamento do Minha Casa, Minha Vida. Dito de outro modo: desejam pagar pelos imóveis.
Para o procurador Oscar Filho, o desalojamento de 3.200 pessoas produzirá “impactos sociais irreversíveis”. Acha que, em vez de expulsar, a Caixa deveria levar em conta que os ocupantes das casas encontram-se devidamente cadastrados no Minha Casa, Minha Vida e analisar a “possibilidade de regularização” das moradias.

quinta-feira, 20 de setembro de 2012

Veja relação completa dos que foram presos na Paraíba durante a “Operação Esqueleto” ontem

Esqueleto
A operação intitulada “Esqueleto” prendeu 42 pessoas acusadas de integrar um grupo criminoso responsável por homicídios e tráfico de drogas na Região Metropolitana de João Pessoa. Ao todo, 50 mandados de prisão e de busca e apreensão foram cumpridos na madrugada desta quinta-feira (19), sendo 17 dentro do Sistema Penitenciário.
A ação, coordenada pela Polícia Civil, aconteceu de forma integrada com Polícia Militar, Polícia Rodoviária Federal e teve origem a partir de investigações realizadas pelo Grupo de Operações Especiais (GOE). De acordo com o delegado titular do GOE, Cristiano Jacques, o grupo criminoso possuía vários de seus membros encarcerados, de onde continuavam comandando suas atividades e promovendo rivalidade e violência.
“Muitos homicídios que vinham sendo registrados foram praticados por integrantes desse grupo criminoso. Esta foi uma das maiores operações realizada pelas polícias estaduais, após a operação Hidra, em Patos, desarticulando criminosos que vinham atuando dentro dos presídios. Sem dúvida, essa ação vai refletir na redução dos índices criminais”, garantiu a autoridade policial.
O secretário da Segurança e da Defesa Social, Cláudio Lima, ressaltou os avanços no combate à criminalidade no Estado, a partir de ações integradas e de uma repressão mais qualificada. “Esse trabalho é resultado de uma nova política de segurança pública em vigor no Estado. Todas as forças de segurança estão unidas no combate à violência, atuando de forma mais qualificada e os números confirmam que estamos no caminho certo”, afirmou.
Entre os presos na Operação Esqueleto está Anilton de Oliveira Ribeiro, conhecido como ‘Nenca’, apontado pela polícia como um dos principais integrantes do Grupo e que seria responsável por vários homicídios. “Ele já responde a seis assassinatos, era responsável pelas execuções articuladas pelo Grupo. Agora, ele está fora de circulação, sob a tutela do Poder Público”, acrescentou Cristiano Jacques.
Além das prisões, foram apreendidos arma, munição e aproximadamente um quilo de crack.
Os detalhes da operação foram divulgados durante entrevista coletiva, na sede da Gerência Executiva de Polícia Civil Metropolitana, em João Pessoa, que também contou com a presença do delegado geral adjunto, André Rabelo, da superintendente da Polícia Rodoviária Federal na Paraíba, inspetora Luciana da Silva Duarte e do comandante da área da Região Metropolitana de João Pessoa, tenente coronel Jeferson Pereira.
Relação dos presos por mandado de prisão temporária (exceto os mandados cumpridos dentro do presídio):
  • Anilton de Oliveira Ribeiro,
  • Fábio Emanuel de Assis, 33 anos;
  • Verônica Vieira da Silva, 41 anos, a ‘Vera’, sogra de He-Man;
  • Márcio do Nascimento Rodrigues, 30 anos, também preso em flagrante por porte ilegal de munição
  • Erinaldo Alves Rodrigues, conhecido como ‘Satanás’;
  • Fabrício Lima da Silva;
  • Emerson da Silva Nascimento, 33 anos;
  • Claudemir Sales Barbosa, o ‘Crau’, 23 anos;
  • Eliziane Gama dos Santos, 19 anos;
  • Abraão Alves Cavalcante, 38 anos;
  • Jaqueline Ramos da Silva, 29 anos;
  • Vanessa Lins de Oliveira, 20 anos;
  • Arnóbio Gomes Fernandes, 45 anos (3º sargento PM)
  • Eliete de Lourdes Tavares da Silva, 44 anjos;
  • Everaldo Lavosier Tavares da Silva, o ‘Boboso’, 24 anos;
  • Petrônio de Aguiar, conhecido como ‘Peu’, 23 anos;
  • Kaline Brito da Silva, a ‘Maga’, 20 anos;
  • José Trajano Teixeira, ‘Zé Ovão’, 53 anos;
  • Marciel José de Souza, 23 anos, também preso por porte ilegal de arma (pistola) e munição;
  • João Bernardo Rodrigues, o ‘João da Sinuca’, 55 anos. Com ele foram apreendidos R$ 5.900, U$$ 27 e 50 mil sucris (moeda do equador).
  • Eliziane Gamas dos Santos. Com ela foram apreendidos pólvora, três pedras de crack, maconha, entre outros objetos e dinheiro.
Prisões em flagrante:
  • Laércio Augusto da Silva, 25 anos;
  • Diego Araújo Dauto, 23 anos;
  • Maria da Guia Alves da Silva, 24 anos;
  • Josenildo Pereira de Lima, preso com um quilo de crack.

Sem acordo com Governo, médicos pedem intervenção Federal na Saúde do RN


Fausto Landim, de 14 anos, e João Ferreira Lucas, de 66 anos, aguardavam ontem atendimento há mais de 24h em cadeiras de rodas no HWG
Representantes do Conselho Federal de Medicina e da Federação Nacional de Médicos se reuniram ontem pela manhã com a governadora do RN, Rosalba Ciarlini, para discutir a crise pela qual passa o sistema de saúde do Estado. Contudo, não houve acordo. O Conselho Federal de Medicina irá denunciar o Governo do Estado à organizações internacionais, como a Corte Interamericana de Direitos Humanos, e pedir uma intervenção federal na saúde do Estado. Rosalba Ciarlini não aceita a intervenção e afirma já existir uma parceria entre o Governo do Estado e o Governo Federal, o que, segundo ela, torna a intervenção "desnecessária".
Como anunciado na última segunda-feira, o Conselho de Medicina irá denunciar o Governo do Estado por desrespeitar os direitos humanos no Hospital Walfredo Gurgel, maior unidade de saúde do RN. Ontem, Aloísio Tibiriçá, segundo vice-presidente do CFM, e José Morisseti, representante da Fenam, visitaram o Walfredo Gurgel no intuito de colher imagens e informações que irão fundamentar o pedido de intervenção e a denúncia na Corte Interamericana.  Lá puderam presenciar pacientes alojados em macas no chão, falta de materiais hospitalares importantes, como respiradores e tubos de oxigênio e uma fila de 91 pacientes à espera de cirurgias ortopédicas.

Após a visita ao Hospital Walfredo Gurgel, os representantes se reuniram com a governadora Rosalba Ciarlini. Foi uma reunião tensa, com uma discussão marcada pelo tom áspero das duas partes.  Aloísio Tibiriçá e  José Morisseti defenderam com veemência a necessidade de uma intervenção federal no Rio Grande do Norte. Para isso, tomaram como base "a questão orçamentária e a incompetência administrativa". Em outras palavras, as entidades médicas acreditam que o Ministério da Saúde, por ter participação efetiva em boa parte do financiamento do sistema estadual, precisa gerir a Secretaria de Saúde, "já que o governo tem dado sinais de que não consegue lidar sozinho com a situação", disse Aloísio Tibiriçá.

Ao ouvir a cobrança, que foi feita de forma incisiva, a governadora Rosalba Ciarlini retrucou: "Meu amigo, você tem alguma fórmula para fazer milagre e resolver em uma semana? Se tiver, eu anoto". O clima continuou pesado quando o representante da Fenam, José Morisseti, avisou que seria confeccionado um relatório acerca das violações de direitos humanos no Hospital Walfredo Gurgel. Rosalba Ciarlini pediu para que o relatório fosse entregue ao governo. Morisseti retrucou: "Nós não vamos entregar relatório nenhum. Nós vamos denunciar o governo".

Dentre os inúmeros pontos debatidos, o embate entre as partes se mostrou acirrado ao se falar sobre as supostas violações de direitos humanos, a greve dos médicos em curso no RN e os resultados alcançados com o decreto de calamidade pública, que data de mais de dois meses atrás.

Eleições-Teresina: PF investiga denúncia de troca de votos por crack


A promotora da 63ª Zona Eleitoral de Teresina, Clotildes Carvalho, determinou que a Polícia Federal (PF) investigue denúncia de que está sendo trocado pedras de crack por votos no Parque Brasil, bairro da periferia da capital piauiense com alto consumo da droga.
Ela afirmou que a ação foi motivada por uma representação do presidente da Comissão de Direitos Humanos da da seccional piauiense da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil), Lúcio Tadeu Ribeiro dos Santos, pedindo a apuração de informações de entrevista do senador Wellington Dias, candidato do PT à Prefeitura de Teresina, ao jornal “Meio Norte”, da capital piauiense.
Na entrevista, Wellington Dias informou que durante um ato de campanha eleitoral no Parque Brasil foi informado de que dependentes químicos estavam recebendo gratuitamente pedras de crack de bocas de fumo locais para votar no candidato a vereador defendido pelos traficantes, ameaçar os eleitores dos outros candidatos à Câmara dos Vereadores e arrancar das paredes das residências do bairro propaganda dos candidatos adversários.
O procurador regional eleitoral do Piauí, Alexandre Assunção e Silva, pediu investigação sobre a compras de votos trocados por pedras de crack, denunciado pelo candidato Wellington Dias, também baseado na representação de Lúcio Tadeu e na denúncia de Wellington Dias.
A promotora Clotildes Carvalho diz considerar a denúncia grave e afirma que configura dois crimes: captação ilegal de sufrágio e tráfico de entorpecentes.
— A denúncia é muito grave, apesar de não termos recebidos dados concretos, mas com sua experiência, a Polícia Federal poderá investigar e chegar a uma conclusão de como funciona o crime eleitoral. Apesar da falta de provas, a denúncia foi feita por um senador e precisa ser investigada — diz a promotora da 63ª Zona Eleitoral.
O presidente da Comissão de Direitos HUmanos da OAB-PI fez a representação à Procuradoria Regional Eleitoral Geral como notícia-crime com pedido de investigação criminal.
— No Parque Brasil, os candidatos a cargos eletivos estão fazendo esquema com proprietários de bocas de fumo. Os dependentes químicos são chamados para a campanha de determinados candidatos em troca de pedras de crack — afirma Lúcio Ribeiro no documento, que tem base em declarações do senador Wellington Dias.

terça-feira, 18 de setembro de 2012

SAPIENTE CONGREGAÇÃO I


GRANDE ORIENTE DO BRASIL -LOJA MAÇÔNICA 20 DE OUTUBRO N 2761 – SAPIENTE CONGREGAÇÃO 15.09.2012 (1)

GRANDE ORIENTE DO BRASIL
LOJA MAÇÔNICA 20 DE OUTUBRO N° 2761
SAPIENTE CONGREGAÇÃO
15/09/2012 – 1
 
ITAPORANGA, A PEDRA BONITA.
 
LOCALIZAÇÃO:
 
Situada à margem esquerda do Rio Piancó, com uma altitude de 280 m e as seguintes coordenadas geográficas: 7° 10’20’’ de latitude sul e 38°04’25’’ de longitude Oeste, fazendo fronteira com os municípios de Diamante, S José de caiana, Igaracy, Piancó, Santana dos Garrotes, Pedra Branca e Boa Ventura. Área: 481l. 8km²
 
ASPECTOS HISTÓRICOS
 
Em 1765, o sertanista Antônio Vilela de Carvalho, comprou as terras onde hoje está situada Itaporanga. Em 1840 foi erguida a primeira igreja da cidade, a qual teve como padroeira Nossa Senhora da Conceição. Em 11 de dezembro de 1863, através da Lei Provincial n° 104, torna-se emancipada, porém a instalação do município só ocorre no dia 09 de janeiro de 1865, com o nome de Misericórdia.
 
Em novembro de 1938 o município passa a se chamar Itaporanga, que em tupi-guarani significa pedra bonita. Em 1943 o município volta a se chamar Misericórdia, o que perdurou por apenas 6 anos, quando, definitivamente, em 1949, volta a se chamar Itaporanga.
 
Com uma população de 23.525 habitantes e privilegiada geograficamente, polariza o comércio da região e centraliza os serviços mais importantes de atendimento ao público, como agências bancárias, INSS, Vara Trabalhista, sede de Comarca e Batalhão Militar.
 
O empenho do itaporanguense fez nascer diversas fábricas de tecelagem às margens da rodovia, as quais juntas geram mais de 1500 empregos diretos e indiretos e são responsáveis pelo crescimento e desenvolvimento da cidade.
 
Mas ainda somos a terra da musica, do futebol e celeiro de artistas. E como terra hospitaleira que somos, receba dos irmãos da 20 de outubro, o nosso mais sincero T. : F. : A .: de boas vindas.

segunda-feira, 17 de setembro de 2012

PARABÉNS! NIVER de 15 anos do Sistema Alternativo de Comunicação


PARABÉNS! NIVER de 15 anos do Sistema Alternativo de Comunicação
                         (Por TITICO PEDRO em 16-09-2012 – do Itaporanga.net)


Tudo começou com o “abençoado” AVC-hemorrágico no mês de agosto dos idos de 1995, que quase me levou ao desenlace prematuro. Para o entender dos irmãos católicos, evangélicos e outras crenças mais, um verdadeiro “Milagre” acontecera comigo. À luz dos que estudam e professa a Doutrina Espírita, a exemplo do escritor e orador internacional, Djalma Argolo, baiano de Feira de Santana, acontecera uma moratória, haja vista que na atual reencarnação, em Itaporanga, teria que dar continuidade para cumprir alguma coisa interrompida pelo desvio que involuntariamente acontecera pela prática de tudo que fere a moral cristã.

 

Confesso que muita coisa acontecera num período negro, (1982 a 1995) indesejável e desaconselhável a qualquer criatura humana. Mesmo assim ainda permanecia a vontade de servir ao semelhante, que modestamente sempre permaneceu em minhas entranhas, afastando-me, inclusive da doutrina que professo iniciada ainda no limiar do surgimento do Centro Espírita Jesus de Nazareth, nos idos de 1966, em Itaporanga.

 

Foi uma fase desanimadora ao próprio médico neurocirurgião que me assistia o Doutor Mauros Holanda, que na primeira semana demonstrava dúvida à minha recuperação, praticamente só respirava e assim fiquei sabendo com o relato dos parentes e amigos que me visitavam diariamente a exemplo do meu primo, o Pastor Vicente Dedeu,

 

Saindo do quadro, com ele todas as mazelas, a exceção do tabagismo que só me libertei 04 meses depois, em 02 de janeiro de 96, ainda hoje permaneço na sobriedade que jamais ousa em vir qualquer resquício de lembrança.

 

Em 1996 quando retornei as atividades de Vereador, interrompidas e supridas pelo Vereador João Álvaro da Silva Neto, o nosso João Neto de Zé Lola, primeiro suplente de Vereador do então PFL, o Partido que nos abrigava, inclusive Zé Porcino, Berguim, Baião, Duvan, Terezinha Maia, Antonio de Bruno e Antonio Caetano, que tive o prazer de liderá-los e vigiá-los até o Acidente ocorrido, quando na minha ausência, alguns migraram para o guarda-chuva do então Prefeito Zé Silvino.

 

Naquela época, frequentava às reuniões bastante movimentadas, o jovem místico da comunicação, acanhado, porém interessado em progredir, com um rádio gravador daqueles antigos. Quanto progresso num período de apenas 15 anos! Fase em que a adolescente comemora a tradicional festa de debutante, o hoje postulante a Prefeitura local, entre outros, o idealizador do Jornal online FOLHA DO VALE, de grande penetração no mundo virtual pelas informações coerentes levadas mundo a fora, o nosso Sousa Neto.

 

Pois bem, naquele ano iniciei um programa radiofônico na RÁDIO CIDADE DE PIANCÓ, em parceria com o Sousa Neto, intitulado de TITICO EXPLICA, título sugerido pelo Doutor José Raul Teixeira, numa conversa que tivemos em um Congresso Espírita na cidade de João Pessoa. O programa com a duração de uma hora, sempre às 04 da tarde. A intenção, aqui pra nós, era de dar oportunidade ao jovem sonhador da comunicação que tive de interromper, por força da legislação eleitoral, pois disputava a reeleição que não aconteceu, graças a Deus.

 

Em abril de 1997 me chegou a Aposentadoria e com ela alguns trocados e, copiando o empreendimento do companheiro de ideal espírita, Fernando Pessoa, que acabara de instalar a noviça “Rádio Alternativa”. Veio-me à mente de levar a esta aconchegante metrópole do vale do Piancó, o mesmo Sistema.

 

Daí surgiu a implantação da nossa ‘RÁDIO ALTERNATIVA, inaugurada solenemente em 16 de SETEMBRO DE 1997, com o imaginário da fita simbólica cortada pelo nosso Djalma Argolo e alguns dos companheiros inominados do Centro Espírita Jesus de Nazareth, são vários e me vem o receio de esquecer algum deles. Registro apenas o incondicional apoio do confrade Reynolds Augusto, desde a subida ao poste para fixar a primeira caixinha.

 

É, pois motivo de alegria, poder registrar um acontecimento que, se pode dizer, tenha sido o lançamento primeiro da comunicação que proporcionou, inclusive, bem estar à juventude que ainda não tinha a facilidade dos movimentados encontros de hoje, alguns, inclusive, que lamentavelmente levam ao desregrado e excessivo vício em tudo quanto há de mazela ao ser humano que não tiver um equilíbrio moralmente aconselhável aos que buscam o bem ao seu próximo com retorno a si próprio.

 

Quantos se deleitaram da programação do jovem J. PAULO, o BONI ARAÚJO, HOMERO GOMES e o próprio SOUSA NETO, os pioneiros, vindo depois a Luciene Freitas, André Soares e o idealizador do DISCO DE OURO, o famoso INÁCIO FARIAS SHOW, que hoje pomposamente lidera a rádio comunitária PEDRA BONITA, também passou pela aniversariante de hoje.

 

 “Parabenizo ao meu sobrinho AILTON PEDRO que há muito dirige a nossa ‘Rádio Alternativa” a verdadeira conhecida Rádio Poste.
Sempre contou com a colaboração de grande parte dos empresários e demais empreendedores, para que o sistema permaneça prestando o trabalho de divulgação a que se propôs com o mesmo propósito iniciado em 16 de setembro de 1997.

 

Oh!Salve essa data. A ideia da comunicação não ficou apenas na ‘Alternativa” , pois a partir do surgimento da Lei instituindo o serviço de radiodifusão comunitária e conhecedor de todo o teor da norma busquei logo em criar uma entidade que se credenciasse a tornar-se permissionária para o serviço aludido e logo a criação da Fundação Cultural Professora Anália Rodrigues, cujo nome que me veio a mente para homenagear foi a mestra-mãe, dona Anália de Zé Rodrigues, pela maneira meiga que dispensava aos seus alunos, principalmente como eu que muita das vezes, naquela época, faltava até o graveto para acender o famoso fogão de lenha.

 

A BOA NOVA FM só alegria nos proporciona e, nessa última sexta-feira, fora a atenção de uma multidão de pessoas interessas em ouvir e ver os três candidatos a Prefeito de Itaporanga, conforme relato da mídia virtual, nos blogs e portais aqui do vale.

 

Por último é oportuno relembrar que a ideia ainda permanece no aprimoramento da comunicação de massa e mais recentemente criamos o portal que se propõe facilitar a busca dos mais variados veículos de informações acerca da política, do esporte e outras notícias que contribuam com a elevação da mora. É o www.portalvaleinfoco.com. Nesse o internauta tem a certeza da informação de qualidade, no momento em que ela acontece.