segunda-feira, 11 de julho de 2011

BUSCADORES

Buscadores
(Reynollds Augusto)

O despertar para os valores maiores da vida leva tempo e por vezes ultrapassa muitas e muitas encarnações, no processo infindável da vida. Deus nos criou para o conhecimento, para a experimentação, que nos leva à plenitude, fim de todo espírito. Nesse “teatro” da vida real vamos nos posicionando em vários papeis, que são as personalidades, que forma a nossa individualidade, que é a soma de nossas conquistas nessa estrada que não tem fim.  Quando mais maduro, mais despertos e quanto mais despertos, mais perto de Deus.
O psicólogo Luiz Cláudio Costa nos forneceu algumas dicas para nos libertar das amarras da ignorância, que quero democratizar aqui, para todos vocês. Já é o começo:
1)       TENHA A DECISÃO SINCERA DE TRANSFORMAR-SE:
         Convença-se que a modificação é possível.  Deseje sinceramente essa modificação. Ninguém pode modificá-lo ou obrigá-lo ao fazê-lo. Só você pode se transformar. O livre-arbítrio ensinado por Jesus nos esclarece que tudo depende de nós. Assuma um compromisso sincero e com a mudança, com a auto-iluminaçao, com o despertar.

2)       COMECE A MUDAR A SUA ESTRUTURA DE VIDA:

           Faça uma reflexão sobre seus comportamentos, seus hábitos, e principalmente seus desejos. Reduza o tempo gasto com as coisas externas. Vença a vontade de consumir todo o tempo à frente da TV, dos jornais.

3)       COMECE A TRABALHAR DECISIVAMENTE PARA COMBATER SENTIMENTOS EQUIVOCADOS:

Combata sentimento como ciúme, orgulho, ódio, mágoas e inveja. Lembre-se que tais sentimentos são venenos da alma. Não busque o escapismo, enfrente-os com serenidade, porém com firmeza e determinação para que possa superá-los.

4)       PRATIQUE A MEDITAÇÃO DIARIAMENTE

Aconteça o que acontecer medite pelo menos meia hora por dia. A meditação é indispensável para o processo da auto-iluminaçao.

5)       PRATIQUE A PRECE DIARIAMENTE

                 Não a prece maquinal ou burocrática, mas a verdadeira oração, o desejo da alma de falar e entrar em sintonia com Deus. Lembre-se que a oração é antes de tudo um diálogo do espírito, portanto, ao orar leve ao Pai primeiramente as suas necessidades espirituais e esteja pronto para ouvi-lo.

6)       PRATIQUE A CARIDADE DE FORMA INTEGRAL

             Benevolência para com todos, indulgência para com as faltas alheias e perdão das ofensas. Busque fazer de sua vida uma doação ao próximo em necessidade. Guarde pelo menos uma hora toda semana para dedicar-se ao próximo sem nada esperar em troca. Visite um abrigo de idosos, creches para crianças desamparadas, hospital, enfim, leve esperança onde existe dor e desespero.

         7) ESTEJA SEMPRE EM VIGILÂNCIA, POIS QUE O EGO SEMPRE REAGE ÁS TENTATIVAS DE MUDANÇA

       Ele não conhece outra realidade e não deseja ser esvaziado. Assim, esteja sempre atento aos seus pensamentos, pericialmente àqueles que ocorrem logo ao despertar. Se forem pensamento equivocados não os alimente, substitua-os imediatamente. Observe pensamentos, pois eles dizem muito sobre os nossos apegos. Lembre-se do alerta de Jesus “onde está o teu tesouro aí está o teu coração”.

8)       ESTEJA PREPARADO PARA FRACASSOS, INDIFERENÇAS E DESCONFIANÇAS

Não espere reconhecimento. Não tenha a pressa nem expectativa de resultados. A pressa e a expectativa de resultados rápidos são características do ego impaciente que deseje logo colher os resultados de seus esforços. Simplesmente mantenha a disposição para a mudança. Lembre-se que o processo é difícil para todos. São Paulo em sua caminhada de auto-iluminaçao disse certa vez: “Porque não faço o bem que quero, mas o mal que não quero esse ainda faço”. Mas ele não desistiu não se rendeu à tentativa desesperada do ego em se manter vivo e continuou o seu processo de transformação.

9)       NÃO FAÇA DO PROCESSO DE TRANSFORMAÇAO UM PROCESSO DOLOROSO

Não se torne amargo, triste, moralista. A contrário, seja alegre, feliz, lembre-se  que você está travando o “bom combate”.  Lembre-se ainda que o Cristo asseverou que o “fardo é leve e o jugo é suave”

10)    CRIE O HÁBITO DE ENTRAR EM CONTATO COM A NATUREZA PELO MENOS POR ALGUNS MOMENTOS TODOS OS DIAS

Contemple o céu estrelado, o jardim florido, o pássaro que canta. Ande descalço na grama ou na terra, ou mesmo dentro de casa, desfrute a sensação de pertencer à natureza.

11)   FAÇA DA VIDA ESPIRITUAL UMA PRIORIDADE
Busque ter em seu coração sentimentos de bondade e fraternidade em todos instantes de sua vida. Não busque simplesmente a prática de ritos espirituais, mas a vivência de seus valores.

12)   TENHA AMIGOS DE IDEAL, DE ALMA.
Busque participar de grupos que tenham o mesmo objetivo de transformação espiritual eu você.  Amigos sinceros e em busca do mesmo ideal são de fundamental importância para vencermos momentos difíceis e dolorosos do nosso caminho.

PENSE NISSO! MAS PENSE AGORA.