quinta-feira, 3 de junho de 2010

EJEAS III - O Caminho do Monte Olimpo


( Rosandro)

EJEAS III - O caminho do Monte Olimpo.
(Reynollds Augusto)


Tenho certeza que a juventude de Itaporanga jamais esquecerá os momentos que passaram na cidade de Cajazeiras por ocasião do EJEAS desse ano de 2010. Foram momentos de encantos e aprendizado para todos. Os pais e os filhos presentes aprenderam a se conduzir melhor na vida, com temas em torno da droga, do relacionamento, das escolhas e da maturidade de cada um. Pena que não temos como estender esses ensinamentos a todos pais e jovens da comuna itaporanguense.

O psicólogo e professor da UFCG, campus Campina Grande, colunista do Jornal da Paraíba em versão digital, Rossandro, deu um “show de bola”, discorrendo aos presentes sobre a necessidade dos jovens se firmarem em torno de referenciais que os levem á estabilização emocional e que eles não devem eleger para as suas vidas referenciais antagônicos que causam desequilíbrio. O professor antes de falar sobre o tema realizou uma dinâmica que exigia que os jovens usassem ao mesmo tempo os dois hemisférios cerebrais e enquanto um estava sendo lógico e racional contando 1, 2,3; o outro estava provocando coordenações de comportamento e a mistura de se contar, rodar e pular ao mesmo tempo não deu certo. E isso nos fez ver que quando tentávamos atender os dois ao mesmo tempo, entrávamos em conflito. A técnica serviu de base para entendermos que não se pode atender a dois referenciais que são antagônicos. A técnica me levou ao psicopedagogo Jesus que nos ensinara, que “não devemos servir a Deus e a Mamon”. A tentativa irá provocar conflitos e nos trará dificuldade de nos posicionarmos na vida. E isso acontece hoje quando a sociedade nos oferece inúmeros referenciais e muitos deles antagônicos à proposta de equilíbrio de referências salutares como Jesus de Nazareth, Chico Xavier, Irmã Dulce e outros espíritos luminares que Deus mandou à Terra para ensinar aos homens o “pulo do gato”. Não se pode ser “santo” e “diabo” ao mesmo tempo, pois isso se torna conflitante.

A grande verdade é que todos nós estamos em busca do verdadeiro sentido da vida e o processo se dá quando vamos à procura de nos conhecermos a nós próprios, aparando as nossas arestas e descobrindo um mundo íntimo repleto de possibilidades. O filósofo grego já deu a fórmula “conhece-te a ti mesmo”. As viagens mais fantásticas não estão no exterior e sim no nosso mundo interior, pois é nele que se encontram as potencialidades divinas que carregamos em latência. O início dessa “revolução,” que transforma hábitos e pensamentos, é a decisão sincera de transformar-se, de ver o mundo pela ótica certa e para isso é preciso mudar sinceramente, pois tudo só depende de nós. Não podemos mais “ser cristão sem o cristo”. Isso é hipocrisia que o mestre mesmo combateu com veemência. É preciso eleger referenciais e Jesus de Nazaré é o nosso guia. Podemos ter inúmeros mentores, mas guia mesmo só Jesus. É importante entender que não se pode viver ideais antagônicos e precisamos escolher “a melhor parte” como naquela ocasião em que Maria ouvia as belas palavras de Jesus, quando de sua visita a seu lar em contraposição a Marta, sua irmã, que estava executando ao afazeres domésticos na ocasião, coisa que poderia ser feito depois, sem problemas. Perdeu a
oportunidade de se enriquecer.

Isso me fez lembrar aquela velha história em que um viajor se encontra perdido pelos caminhos da Grécia antiga quando encontrou um homem e perguntou: “Como devo fazer para alcançar o Monte Olimpo?”. O interrogado que era o grande Sócrates, um dos precursores da idéia espírita, virou para ele e respondeu com sabedoria: “ Faça com que cada passo que você dê o conduza na direção que você deseja”.

Nada de ser certo e errado; de ser verdadeiro e falso; honesto e desonesto; bom e ruim... seguir a Deus e ao Diabo. Esse tipo de comportamento lhe distanciará da direção do “Monte Olimpo”. Escolha bem o seus referenciais e cuidado com a Televisão , pois na maioria das vezes ela te propõe referenciais que são mentirosos e você vai sofrer por escolher ilusões.

PENSE NISSO! MAS PENSE AGORA.

segunda-feira, 31 de maio de 2010

EJEAS I - A QUEM ESTAMOS SERVINDO?

EJEAS I - A QUEM ESTAMOS SERVINDO?

EJEAS I – A quem estamos servindo?

( Reynollds Augusto)


Os dias que se passam são oportunidade que Deus nos concede para irmos a busca do que realmente nos interessa e o palmilhar da estrada certa vai determinar em que nível evolutivo nos encontramos e se seremos felizes ou infelizes. Há geralmente muita gente desavisada que não sabe para onde ir e se perde na estrada, que em muitas vezes não leva a lugar nenhum. Há pessoas que por comodismo ou preconceito, que é atraso, não se permitem conhecer outros focos de existência para que, por juízo próprio, possam escolher o melhor caminho.
Essa semana nós fomos agraciados pelo Encontro de Jovens Espíritas do Alto Sertão realizado na cidade de Cajazeiras, que é um evento promovido pelo NEAC, daquela terra abençoada. O Núcleo Espírita Alan Kardec está sendo dirigido pela confreira Persíncola, que demonstrava a sua alegria pela presença dos Jovens de Itaporanga. E o evento marcou muito as nossas vidas pela diretriz proposta por três grandes expositores espíritas que oxigenaram as mentes dos presentes. O psicólogo e professor universitário Rossandro, como também a sua colega professora universitária Maria do Socorro, todos na UFCG e o jornalista e acadêmico de psicologia Lits Rangel, da cidade de Recife –PE. Levei as minhas filhas, pois é imprescindível que tenham real compreensão da vida para realizar as suas escolhas conscienciosamente. Viver bem é fazer boas escolhas.
Os três expositores deram um show de vida e nos trouxeram propostas importantes para se aprender a bem viver. Tentaremos escrever uma série dos momentos mais importantes do evento. O evento contou, também, com uma gincana cultural que envolveu a todos e como também com o Grupo Acorde da federação Espírita Paraibana e do Grupo Campinense Evangelizarte. Aqui deixamos o nosso agradecimento pessoal ao Presidente do Centro Espírita Jesus de Nazareth, VICENTE TOBIAS, que se movimentou no sentido de possibilitar o transporte da garotada à terra do Padre Rolim. Outro agradecimento a Prefeitura de Itaporanga que nos cedeu o ônibus para presenciarmos um dia de grande importância em nossas vidas.
O psicólogo Rossandro desenvolveu uma atividade com os jovens indicando que devemos nos posicionar na vida delimitando bem as nossas escolhas e eu fiz uma relação com o mestre Jesus que de tudo ensinou um pouco: “não se pode servir a Deus e a Mamon” E a dinâmica nos fez usar os dois hemisférios cerebrais e enquanto um estava tentando contar: 1,2,3... o outro estava provocando ordenações de comportamento, rodando e pulando. E ele fez ver que é preciso que o jovem saiba o que quer e não entrar nessa de procurar dois referenciais antagônicos, pois quando você tenta usar os dois ao mesmo tempo se vai entra em conflito. E isso se dá quando tentamos colocar em prática dois referências que são opostos. É o que existe hoje quando a sociedade oferece referenciais diversos que complica a cabeça do jovem e o induz às escolhas equivocadas com a criação de mitos. Como por exemplo o mito da beleza em que a sociedade elegeu como padrão de beleza a mulher macérrima e todas as garotas vão atrás dessa canoa furada e muitas delas até morrem na busca dessa ilusão. É o religioso que acredita que a abstinência sexual o vai levar a pairamos da mais linda luz e entra em conflito fazendo o que não se deve, praticando pedofilia e etc.
A sociedade está vivendo de aparências e esses valores fazem confusão no jovem despreparado. É preciso que conheçamos a grande proposta da Vida para realizamos as escolhas certas e não nos iludamos com as idéias da mídia que só tem o interesse de fazer com que você consuma exageradamente e lhe dita normas de comportamento que em muito dista do equilíbrio e da verdadeira satisfação interior. A quem você está servindo?



PENSE NISSO! MAS PENSE AGORA.